GCM faz duas apreensões de entorpecentes e uma prisão por tráfico e corrupção ativa


Agentes do Canil da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos fizeram duas apreensões de entorpecentes e uma prisão por tráfico e corrupção ativa entre sexta-feira (19) e domingo (21). No primeiro caso, uma equipe em patrulhamento preventivo no Jardim Divinolândia percebeu quando duas pessoas pela rua Maria Cerri saíram correndo ao avistar a viatura. Com a ajuda do cão policial Zeus, uma sacola contendo 179 embalagens com maconha e crack foi localizada e apreendida.

O material foi apresentado à autoridade de plantão no 9° Distrito Policial. O Instituto de Criminalística constatou em exame o material entorpecente, que ficará sob custódia e supervisão da Polícia Civil e, posteriormente, será incinerado.

No domingo um homem foi preso na rua Nhambu, no Jardim Santa Inês, com 213 embalagens contendo cocaína, 95 com maconha e 61 com crack, além de 231 reais em dinheiro. Ele tentou fugir, mas foi alcançado pela equipe, que contava com o apoio do cão policial Brutus. Na abordagem o acusado ainda tentou subornar os agentes, sendo detido e apresentado no 7° Distrito Policial, juntamente com os materiais apreendidos.

A autoridade policial lavrou boletim de ocorrência por tráfico de entorpecentes, previsto no artigo 33 da lei 11.343/2006, e por corrupção ativa, conforme o artigo 333 do Código Penal. O acusado ficou detido e à disposição da Justiça.

- PUBLICIDADE -