Daniela Mercury apresenta axé, voz e violão no Teatro Adamastor

A estreia de “Daniela Mercury, A Voz e O Violão” abre uma caixa de surpresas para os fãs da Rainha do Axé, que bem poderia ser chamada de a Rainha do Suingue. Um show gratuito vibrante como ela, vestido dela mesma, acompanhada do violão.

Pautado na simplicidade e na sofisticação, Daniela sobe ao palco em Guarulhos nos dias 3 e 4, às 20h, e no repertório ela interpretará grandes sucessos de todas as fases da carreira, como “Ilê pérola negra (ilê)”, “Como vai você”, “Nobre vagabundo”, “À primeira vista”, “Calice/Deus lhe pague”, “Meu plano”, “Super homem”, “Música de Rua”, “Swing da cor” e “Canto da Cidade”. Além disso, o público poderá conhecer algumas músicas que ela gostaria de regravar, clássicos da MPB e canções inéditas que estarão no seu próximo álbum.

“Sou sambista. Neste show a dois (instrumentos), canto a alegria e o lamento do meu coração de sambista. O Brasil voltou a sambar com o meu axé porque o que eu sempre quis foi nos celebrar. E, com o samba que vive em meu corpo, vou me reinventando. Canto pra alegria chegar. Canto pra tristeza ir embora. Um violão e o suingue”, comenta a cantora.

O novo projeto deu origem ao CD e DVD ao vivo “Daniela Mercury – O axé, a voz e o violão”, gravado no Teatro Castro Alves, em Salvador. De acordo com a produção, o repertório reforça as raízes de uma artista que ganhou o mundo com sua música.
No show, realizado pelo Sesc Santana em parceria com a Prefeitura de Guarulhos, Daniela conta histórias que revelam um lado cômico dela e também mostra mensagens sobre direitos humanos e cidadania. Um dos momentos mais marcantes é quando ela abre mão do violão para cantar à capela.

Apaixonada pela música, a cantora e também compositora Daniela Mercury faz questão de participar de todos os arranjos de suas gravações, pesquisar timbres e valorizar o conceito de cada trabalho com suas referências de cultura brasileira e de influência afro que traz como raiz.

Público poderá conferir o melhor da artista em seus mais de 30 anos de carreira

O público poderá conferir o melhor de Daniela Mercury em mais 30 anos de carreira. Nesse período foram 17 CDs e seis DVDs gravados que fazem da artista uma das cantoras brasileiras mais conhecidas e respeitadas fora do país. São 23 turnês internacionais. Vencedora de um Grammy Latino, por seu álbum Balé Mulato, ganhou outros seis Prêmios TIM de Música, um prêmio pela APCA, três prêmios Multishow e dois prêmios pelo VMB, de melhor videoclipe e fotografia.
Nesse período todo a percussão teve papel fundamental e é a base de toda a obra de Daniela. Mas a principal marca dela é mesmo a criatividade, a capacidade de se recriar, de se reinventar e de inovar com ousadia e extrema coragem. Daniela foi a primeira cantora de trio elétrico a trazer a música eletrônica para o carnaval da Bahia. Foi também a primeira colocar um piano de cauda em cima do trio elétrico, foi quem fez uma ópera durante o carnaval e que desfilou com uma orquestra durante a folia de momo. Daniela não teme em inovar, ela vive da mistura, das quebras de padrão, e por isso também ganhou o título de “Rainha da Axé Music”.

Serviço:
Local: Teatro Adamastor – avenida Monteiro Lobato, 734, Macedo.
Data: 3 e 4 de novembro / quinta e sexta-feira, 20h
Grátis. Retirada de ingressos no local, a partir das 18h (2 ingressos por pessoa).
Capacidade: 600 lugares.
Recomendação etária: livre. Duração: 90 min.