Guti promove mudanças de secretariado para garantir maiores avanços em 2018

O prefeito Guti promoveu, nesta sexta-feira (29), mudanças no comando das secretarias de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secel), Meio Ambiente e Desenvolvimento e Assistência Social visando maiores avanços para Guarulhos em 2018.
Segundo o prefeito, todas as alterações fazem parte de um realinhamento do governo.
“Avançamos muito, mas temos muito mais a fazer. Já temos uma parte do nosso plano de governo que foi atendida. Então 2018 será um ano onde vamos avançar bastante”, destacou.

No comando da Secel está Marli Aparecida Nabas Lopes. Bacharel em Direito e pós-graduada em Gestão de Pessoas, ela ocupava a Diretoria Administrativa da Divisão Regional de Ensino Guarulhos – Norte e atua na área da educação desde 1976. Marli substituiu o vice-prefeito Alexandre Zeitune.
Já Miguel Calderaro é o novo secretário de Desenvolvimento e Assistência Social. Ex-presidente da Companhia Paulista de Obras e Serviços do Estado de São Paulo, ele foi chefe de gabinete da Secretaria Estadual do Trabalho e também secretário-adjunto de Habitação do Estado de São Paulo. Calderaro substitui Arão dos Santos Silva, que pediu para deixar o comando da pasta.

Agru – Outra mudança foi a extinção da Agência Reguladora de Saneamento de Guarulhos (Agru).
O HOJE já havia antecipado nesta semana a possibilidade do encerramento das atividades da agência, diante de decisão do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo o ministro, a lei que criou a agência no ano de 2012 é inconstitucional.

Além da Agru, Guti informou que a Parceria Público-Privada (PPP) para o tratamento de esgoto realizada pelo Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae) de Guarulhos também não tem mais razão de continuar.
Isso porque a Sagua (Soluções Ambientais de Guarulhos), empresa ambiental da OAS, não tem condições financeiras para realizar atividades na cidade. “Praticamente se extinguiu”, explicou o prefeito.

Reportagem: Rosana Ibanez
Foto: Ivanildo Porto