Vereador quer barrar visitantes indesejados nas escolas

Vereador quer barrar visitantes indesejados nas escolas

Projeto de Lei, avalizado pela Comissão de Defesa da Criança da Câmara, quer maior controle na entrada das escolas

A Comissão de Defesa da Criança, do Adolescente e da Juventude da Câmara de Guarulhos discutiu e deliberou dois projetos de Lei na reunião ordinária realizada nesta terça-feira (20). Os vereadores Toninho da Farmácia (PSD), Sergio Magnun (PEN) e Acácio Portella (PP) deram parecer favorável ao PL 5937/2017, de Eduardo Carneiro (PSB), que proíbe pessoas alheias ao âmbito escolar de entrar e circular nas escolas sem o acompanhamento de funcionários. “A proposta dará mais segurança às crianças e a todos os servidores do ambiente escolar, evitando-se que pessoas mal intencionadas ou criminosas entrem e circulem na escola com facilidade”, justificou Sergio Magnun.

Também teve parecer favorável o PL 5459/2017, de Genilda Sueli Bernardes (PT). A propositura institui em Guarulhos o projeto “Casa Abrigo” para mulheres vítimas de violência doméstica. Ainda segundo Magnun, como não existe este tipo de equipamento público no Município, o projeto, se virar lei, “dará mais segurança às mulheres que ficam à mercê da violência cometida por seus maridos ou companheiros”. Neste caso, se houver filhos envolvidos, eles também poderiam viver com a mãe, após decisão judicial.

Deixe seu Comentário