Depois do sucesso de grandes exposições aclamadas na cidade: “Mãos Sagradas” (de 08 a 23/10/2016 na Catedral Nossa Senhora da Conceição e 01 a 23/12/2016 no Parque Shopping Maia) e Bendita’s (de 05 a 21/05/2017 no Parque Shopping Maia) os artistas Berg Araujo e Irlânia Merces voltam a Guarulhos para celebrar a arte de vestir santos. “Aleluia” é o nome da exposição que trará mais de 20 imagens de santos populares brasileiros com montagem e cenografia inéditas, que ficará disponível a partir do dia 16 de março até 01 de abril, no Parque Shopping Maia.
“O Senhor enviará bênçãos aos seus celeiros e a tudo o que as suas mãos fizerem.”, com a passagem bíblica em Deuteronômio 28:8, os artistas Berg Araújo e Irlânia Mêrces se inspiram para apresentar em exposição uma relação de trânsito, troca e simbioses entre a arte e o sagrado.

Segundo os artistas, a proposta é trazer o sagrado e o intangível da beleza da fé, materializado nas vestimentas de cada santo. Desta maneira, os trabalhos da dupla encantam por duas vertentes indissociáveis do mundo das artes: a técnica minuciosa e detalhista, bem como uma rica combinação de elementos, cores e estilo. O resultado desta harmonização sensibiliza o público pelos olhos, coração e saber artístico, em uma atmosfera de fé e cultura.
Nossa Senhora Aparecida, das Dores, Conceição, de Bom Sucesso, São Francisco, São Jorge, São Benedito e Santo Antônio são algumas das imagens escolhidas para esta exposição. A curadoria teve como objetivo trazer as principais imagens devocionais no Brasil, levando em conta a devoção, os festejos populares e o que cada uma delas representam para seus devotos.

Conheça os artistas Berg Araújo e Irlânia Mercês

Guarulhense radicado Berg Araujo desde cedo se envereda pela arte, em especial a arte sacra. O primeiro contato ocorreu nos tempos de liturgia. Coroinha da igreja de Itapetinga, no estado da Bahia, foi através das festas e cerimônias católicas que Berg pode ter contato com um mundo de símbolos e significados que marcariam o imaginário adolescente. Túnicas, vestes, estolas, alfaias, casulas, véus e coroas compunham o cenário em que se desenhavam sua experiência mais lúdica de vida.

Seu forte laço com a fé foi à inspiração para o descobrimento de sua arte. Das festas da igreja foi descobrindo suas habilidades que marcariam sua vida adiante: canto, dança, poesia, teatro, artes visuais, todas executadas a perfeição, mas nenhuma delas chegando em tal tenacidade quanto as artes plásticas.
Já Irlãnia Mercês, é natural da cidade de Salvador. Incentivada pelos pais desde muito cedo desenvolveu o talento para as artes e o artesanato. Autodidata, aos 12 anos já confeccionava as primeiras obras. Apaixonada pelo ofício e no seu modesto aprendizado foi aprimorando sua arte e compartilhando seu talento com amigos e colegas. Respirando os ares de uma capital Patrimônio da Humanidade, repleta de arte Barroca e religiosidade, naturalmente deixou-se e influenciar e assim foi construindo sua referência estética.

Um talento que começa muito cedo não demora a apresentar grandes resultados. Durante muito tempo sua motivação e devoção foi criando uma vontade de se expressar muito forte. Quando não produzia em casa buscava oportunidades de levar seu aprendizado para comunidades carentes do interior da Bahia.
O primeiro contato erudito de arte sacra ocorreu durante um curso da professora Clarisse Santos, estudiosa octogenária, sobre Arte Sacra Parisiense. Durante os três anos de estudos e formação acabou conhecendo e se pôs a praticar a arte de vestir santos. Católica devota, encontrou nessa arte sua mais proeminente vocação.

Serviço:
Exposição de arte sacra “Aleluia”
Endereço: avenida Bartolomeu de Carlos, n° 230, Jardim Flor da Montanha (dentro do Parque Shopping Maia).
Data: De 16 de março até 01 abril

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here