Antônio Boaventura

antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Foto: Ivanildo Porto

A Câmara Municipal deliberou nesta segunda-feira (1º) em sessão extraordinária a proposta elaborada pelo prefeito Guti (PSB) para concessão do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) para a Sabesp pelos próximos 40 anos. O processo contou com o acompanhamento de funcionários da autarquia. A discussão sobre o tema continua nesta terça-feira (2) no Legislativo.

Dentro da proposta também está à criação do Fundo Municipal de Saneamento Ambiental e Infraestrutura. A proposta teve o apoio de 22 parlamentares e outras 4 que votaram contra – Edmilson Souza (PT), Genilda Bernardes (PT), Rômulo Ornelas (PT) e Janete Pietá (PT).

Após passar por este processo, a sugestão apresentada pela administração pública será analisada por sete comissões parlamentares da Casa de Leis – Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa (CJLP), Administração e Funcionalismo Público, Desenvolvimento Urbano e Econômico, Meio Ambiente, Finanças e Orçamento, Defesa dos Direitos do Consumidor, e Obras.

“Esse processo passa por sete comissões técnicas e pertinentes a questão. A leitura que temos é a de que caso exista alguma coisa que tenha algum fato, os vereadores podem passar as devidas informações às comissões. Não vejo nada que possa atrapalhar. O momento é importante, já que existe a sensibilidade do governador [Márcio França (PSB)] e a sintonia com o prefeito [Guti (PSB)]”, disse o vereador Wesley Casa Forte (PSB).

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here