O secretário geral do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Transporte de Passageiros, Urbano, Suburbano, Metropolitano, Intermunicipal e Cargas Próprias de Guarulhos e Arujá em São Paulo (Sincoverg),  Wagner Menezes, 50, confirmou em entrevista telefônica ao HOJE a paralisação dos ônibus municipais e intermunicipais em Guarulhos na sexta-feira (14), em protesto realizado contra a reforma da previdência.

“Iremos paralisar nossas atividades. Todas as empresas de ônibus da cidade já foram avisadas”, destacou. Segundo Menezes, somente em Guarulhos e Arujá,  o cálculo é de que 12 mil trabalhadores devem atender a greve.

Em nota, a Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (STMU), informou que para evitar maiores transtornos a população, será realizado, em caso de paralisação, um  Plano  de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese). “Ao todo, Guarulhos conta com 66 linhas municipais que atendem, diariamente, 367 mil passageiros”.

1 COMENTÁRIO

  1. Sindicato deveria é tomar vergonha na Cara!! Esses sim são os verdadeiros Pelegos. Gostaria muito q investigações do nível da Lava-jato fosse investigar cada sindicato desses. São corruptos e tiram dos dois lados, tanto das empresas qntos dos empregados!! O Brasil nunca deixará de ser o país da impunidade, medíocre e terceiro mundo. O Brasil é sim uma República Bananeira. Um país do toma lá dá cá…. Prq não faz greve num sábado ou num Domingo?? Prq a População tem q se fod….. por causa disso?? Isso só mostra o qnto esse país é pobre da mente, do corpo e da alma!! Vergonha de ser brasileiro.??

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here