Doria faz boletim de ocorrência após receber ameaça de morte

SP - CORONAVÍRUS-COLETIVA-DÓRIA - GERAL - O governador João Dória durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes em São Paulo (SP), nesta quinta-feira (26), para atualizar sobre as medidas que serão tomadas contra o coronavírus. 26/03/2020 - Foto: ETTORE CHIEREGUINI/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), registrou um boletim de ocorrência na madrugada desta sexta-feira, 27, após receber telefonema com ameaças de morte, segundo informa o Palácio dos Bandeirantes. A segurança do governador foi reforçada e a Polícia Civil apura a origem da ameaça.

“As ameaças foram dirigidas ao telefone celular do governador e davam conta, em tom ameaçador, de que atos seriam realizados em frente à sua residência pessoal, sendo que em tais mensagens era indicado o local da mesma (a casa de Doria, nos Jardins, zona sul da capital)”, diz trecho do boletim, registrado pela Delegacia de Operações Policiais Estratégicas (Dope).

Em nota, o Palácio dos Bandeirantes informou que “a Polícia Civil investiga o caso e o governador colabora com a investigação”.