Cidade: Eduardo Ferrari descarta vínculo da OAB Guarulhos com Operação da Polícia Federal

Da Redação
[email protected]

O advogado Eduardo Ferrari, presidente da OAB de Guarulhos, descartou haver qualquer vínculo da subseção com a operação deflagrada nesta terça-feira (17) pela Polícia Federal. A Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão na cidade contra possíveis envolvidos em corrupção dentro da OAB São Paulo.


“Nenhum vínculo há com a OAB Guarulhos. Estou em reunião agora com o Presidente Caio Augusto (OABSP) para um posicionamento e esclarecimento dos fatos”, explicou Ferrari.

A OAB São Paulo, através de sua assessoria de imprensa, informou que não foi alvo de busca e apreensão, além de condenar a possibilidade de colocar em xeque a lisura e transparência dos processos daquela entidade. A mesma também revelou que abriu investigação interna sobre os fatos e que está colaborando com as autoridades.

“É tudo prematuro no momento. Eles estão investigando pedido de propina para facilitar os processos disciplinares e não tem nenhum conselheiro da OAB Guarulhos envolvido. A OAB vai apurar e vai tomar as medidas cabíveis, que pode culminar na suspensão dos envolvidos”, declarou o advogado Alexandre Cadeu, conselheiro seccional da OAB São Paulo.

*Atualizada às 15h31.