Vereadores repercutem indicação de Guti em premiação de prefeitos

Recentemente, o prefeito Guti (PSD) foi anunciado como um dos finalistas em uma premiação internacional que destaca os melhores prefeitos do mundo, em especial durante o combate à pandemia da Covid-19. O prêmio é uma iniciativa da organização City Mayors Foundation. Oposição ao governo, Edmilson Souza (PSOL) revelou espanto ao saber da notícia. “Algumas pessoas me mandaram, eu achei até que fosse uma brincadeira, e depois eu vi que foi publicada uma matéria no jornal Guarulhos Hoje colocando que o prefeito da cidade de Guarulhos foi indicado ao prêmio de melhor prefeito do mundo”.

De acordo com Souza, a matéria foi publicada no dia 12 de abril. “Acho que a cidade tem tantas preocupações, inclusive sobre a questão da Covid, a volta do comércio, os problemas com a economia. Na verdade, hoje eu soube de vários servidores da prefeitura que estão recebendo nas suas caixas de e-mails e nos seus aplicativos de WhatsApp um pedido para que todos os colaboradores da prefeitura entrem no site da instituição que faz a premiação para votar no prefeito, para ele ser eleito o melhor prefeito do mundo. Tenho até medo de imaginar quem será o pior prefeito do mundo se o de Guarulhos concorre na vaga de melhor. Farei um requerimento para saber se houve inscrição e algum gasto da prefeitura para se inscrever nessa disputa”, disse Edmilson Souza.

Jorginho Mota (PTC) criticou a fala de Edmilson. “Se o prefeito foi indicado a um dos melhores prefeitos no combate ao coronavírus, acho que teve algum merecimento. Na nossa cidade, tivemos momentos difíceis com a Covid. O governo anterior entregou uma dívida superior a 7 bilhões e eu não vejo nenhum vereador, inclusive vereadores que compactuaram com o governo passado, falarem sobre isso. Escutamos as pessoas falarem, como o vereador Edmilson, que é um cara experiente, mas acho que temos que acabar com o quanto pior, melhor. Estamos aqui pela nossa cidade, não é nome do prefeito, é o nome da nossa cidade”

Já o vereador Lucas Sanches (PP) ironizou a premiação. “Estava segurando os meus risos porque, quando soube dessa notícia, também pensei que fosse primeiro de abril. Para essa fundação que está fazendo todo esse concurso, já estou encaminhando por e-mail todas as denúncias que recebi sobre a prefeitura de Guarulhos nos últimos anos. Tudo o que essa fundação não teve conhecimento, encaminharei para eles, vai que eles mudam o candidato. Em São José dos Campos temos um prefeito que fez um hospital fixo em 35 dias, 10 dias antes do prazo. O custo da obra foi em torno de 12 milhões, sendo que apenas 4,5 milhões foi da própria prefeitura. Foi uma parceria público-privada em um hospital fixo, não foi igual a tenda do Cecap, que rapidamente foi desmontada e levou toda a esperança de combate à Covid, milhões dos nossos impostos e poucas explicações”, salientou.