Passageiros são presos com droga oculta em roupas íntimas e embalagens de bombons

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal prendeu na madrugada desta terça-feira (23), em ação conjunta com a Receita Federal, três passageiros portando quase 30 Kg de cocaína no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

 Policiais federais, foram acionados por funcionários que atuam junto ao controle migratório, ao perceberem que uma passageira, que embarcaria em voo para Addis Ababa, na Etiópia, com conexão para os Emirados Árabes, ocultava algo sob as vestes. Uma policial feminina revistou a passageira e encontrou dentro de um sutiã, 14 preservativos contendo cocaína diluída e, na região abdominal, numa espécie de body, 4 volumes com cocaína embalada a vácuo. O volume total da droga somou quase 6 Kg. A suspeita, nacional do Suriname, de 45 anos de idade, recebeu voz de prisão.

Em outra ação, realizada pela equipe do K9, da Receita Federal, junto às bagagens despachadas, foi selecionada uma mala, que despertou o interesse dos cães de faro, cujas imagens, obtidas por meio do raio-x, revelaram grande quantidade de substância orgânica compactada. O passageiro, nacional da Nigéria, que ingressou no país em 2014 e possui RNE (Registro Nacional de Estrangeiros), foi localizado junto aos portões de embarque e conduzido pelos policiais federais para a delegacia, onde a substância suspeita, oculta dentro de embalagens de 857 bombons, foi identificada como cocaína, cujo peso somou quase 17 Kg. O suspeito, que recebeu voz de prisão, pretendia embarcar para Enugu, na Nigéria.

Já no saguão de embarque, policiais federais que fiscalizavam os passageiros junto aos balcões de check-in, perceberam que um homem havia feito o procedimento e não se dirigiu a área de embarque. Como ele não havia despachado bagagens, foi monitorado e, ao embarcar na aeronave, teve sua bagagem de mão submetida aos cães de faro, que demonstraram grande interesse por ela. Na presença de testemunhas, a mochila foi aberta e, dentro de um colete de nylon, os policiais encontraram mais de 7 Kg de cocaína. O suspeito, um brasileiro de 26 anos de idade, foi conduzido à delegacia e preso.

Os presos serão apresentados à Justiça Federal.