Conheça mitos e verdades sobre peles oleosas e acneicas

Foto: Pixabay

Há quem diga que quem tem a pele oleosa e com acne não pode hidratar a pele, outros acreditam que o chocolate é o grande responsável pelo aparecimento de cravos e espinhas. Dentre tantas especulações, o que de fato pode influenciar no surgimento da acne e como cuidar da pele acneica? A dermatologista Dra. Ana Paula Coutinho esclarece as principais dúvidas acerca do tema.

Chocolate e frituras são os grandes causadores de acne

Esse é o principal mito sobre cravos e espinhas. Segundo a Dra. Ana Paula, “o chocolate e as frituras em si não causam a acne. As grandes causadoras destes problemas são as bactérias. No entanto, uma dieta desequilibrada e muito gordurosa pode aumentar a oleosidade da pele e propiciar uma condição perfeita para o surgimento de cravos e espinhas. Não precisa parar de comer chocolate e batata frita, mas é necessário ter consciência e não exagerar no consumo de alimentos gordurosos”.

Além das bactérias, existem outros fatores que podem influenciar no aparecimento da acne: alterações hormonais, uso inadequado e em excesso de cosméticos, não retirar a maquiagem, estresse e alguns medicamentos. Por esse motivo, é muito importante consultar um dermatologista para definir qual o tratamento mais adequado para cada tipo de pele.

A fim de auxiliar no cuidado da pele acneica, Demotivin Benzac lançou recentemente um sabonete líquido que evita cravos e espinhas, tem efeito adstringente, mantém a pele limpa e matificada e reduz a oleosidade e excesso de brilho. Dermotivin Benzac Oil Control Sabonete Líquido foi desenvolvido especificamente para peles oleosas e acneicas e proporciona sensação de frescor por conta de sua formulação com ingredientes refrescantes.

Lavar o rosto várias vezes ao dia ajuda a combater a acne

Outro grande mito é que a acne é resultado da falta de limpeza. Na realidade, lavar o rosto várias vezes ao dia pode causar efeito rebote e propiciar uma condição favorável para o aparecimento de mais cravos e espinhas.

“Após consecutivas e excessivas lavagens, a pele pode ficar ressecada. E, portanto, nosso organismo entende que é necessário estimular as glândulas sebáceas a produzirem ainda mais sebo no intuito de amenizar esse ressecamento. Isso faz com que a pele fique mais oleosa e com tendência à acne”, explica a médica.

Sol ajuda a secar a acne

“Pegar sol não ‘seca’ a acne. Pelo contrário, o sol estimula ainda mais a produção das glândulas sebáceas, piora a inflamação e aumenta a intensidade e frequência das manchas”, esclarece a Dra. Ana Paula Coutinho, completando que a radiação solar por si só já causa inflamação na pele.

Indivíduos com peles oleosas e acneicas não podem fazer uso de hidratantes

Todas as peles devem ser hidratadas. Logo, essa afirmação é um mito. O segredo está na escolha do produto correto para cada tipo de pele. No caso das oleosas e acneicas, os mais indicados são os hidratantes matificantes que auxiliam no controle da oleosidade.

Antes de fazer uso de qualquer dermocosmético é importante consultar um dermatologista, que saberá indicar a melhor solução para cada tipo de pele e situação.

FONTE: Galderma

- PUBLICIDADE -