Operação integrada de combate a roubos e furtos mobilizou a cidade na quinta-feira

Foto: Divulgação/PMG

Uma nova etapa da operação integrada de combate a crimes patrimoniais foi deflagrada na tarde desta quinta-feira (31) pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos e pelas polícias Militar e Civil. Com 33 viaturas, 76 agentes realizaram patrulhamentos preventivos, táticos e de trânsito em pontos estratégicos nos bairros Bonsucesso, Jardim Presidente Dutra, Pimentas, Cumbica, Jardim São João, Taboão, Cabuçu, Cocaia, Ponte Grande e Centro. 

A integração resultou em uma prisão em flagrante por receptação, na apreensão de duas motocicletas, em 20 autos de infração de trânsito emitidos, na consulta de 119 pessoas nos bancos de dados das forças de segurança e em 45 vistorias em veículos e motocicletas. 

O secretário para Assuntos de Segurança Pública de Guarulhos, Márcio Pontes, enfatizou que o objetivo do trabalho em conjunto é beneficiar diretamente a população, unindo os conhecimentos de cada equipe para tornar a cidade um lugar mais pacífico, com mais bem-estar e cidadania. “Os furtos e roubos de bens prejudicam o cidadão não apenas financeiramente, mas também psicologicamente e muitas vezes fisicamente. Portanto, esses tipos de crimes devem ser enfrentados com inteligência e seriedade”, comentou. 

A última etapa da operação, realizada no dia 25 de março, resultou em dez prisões em flagrante por tráfico de entorpecentes e receptação, três cumprimentos de mandados judiciais, um termo circunstanciado de ocorrência por tráfico de drogas, a apreensão de dois quilos de entorpecentes, três armas, dois veículos envolvidos em tráfico de drogas, 13 motocicletas para averiguação e um automóvel usado para transporte clandestino, além de um auto de infração de trânsito.

- PUBLICIDADE -