Memorial da América Latina recebe Festival da Coxinha, da Comida Alemã e da Cerveja Artesanal

Foto: Divulgação

O próximo fim de semana no Memorial da América Latina vai ter muita coxinha, comida alemã e variadas opções de cerveja artesanal, das 11h às 21h, sábado (21) e domingo (22). Uma fábrica, com capacidade para produzir 1.600 coxinhas por hora, vai garantir para todo mundo quitutes em variados tamanhos e recheios. Destaque para a coxinha de 5 quilos.

Tendas gigantes vão abrigar restaurantes especializados em comida alemã, e a cerveja ficará a cargo de mais de uma dezena de cervejarias artesanais. O público estimado em 10 mil pessoas contará com cerca de 50 fornecedores de comida e bebidas durante os dois dias do evento.

Entre os destaques dos festivais estão a coxinha de 5 kg, as coxinhas doces, as de sabores diferenciados, como acarajé, abóbora com carne seca e camarão com Catupiry na Panko. O evento vai ter até espetinho de minicoxinhas, outra novidade para o público presente.

Para os fãs da culinária alemã, nesse sábado e domingo, haverá muitas opções de joelho de porco, chucrute, salsichões, entre outros pratos, para ninguém sair com fome do Memorial da América Latina. Para matar a sede, o evento vai contar com cervejas Pilsen, IPA, Weiss, WIT, American Larger, Red Ale, Stout, Porter, entre outros tipos de cervejas, produzidas por 14 cervejarias artesanais.

As opções de coxinhas saem a partir de R$ 10, preço do quitute tradicional feito de massa de batata. A coxinha de 5 kg, recheada de frango, para comer acompanhado da família ou dos amigos, vai custar R$ 140. Um quitute desse tamanho serve mais de dez pessoas.

O público encontrará também sabores diferenciados de coxinhas. A coxinha de acarajé, de 200g, por exemplo, vai sair por R$ 15. Outra opção de sabores exóticos, a coxinha de abóbora com carne seca, de 400 g, custará R$ 15. Haverá opções ainda de coxinhas veganas e vegetarianas, a partir de R$ 10.

Quem prefere o quitute com recheios doces vai encontrar coxinhas de brigadeiro com morango, a partir de R$ 10, de brigadeiro de Ninho com Nutella, a R$ 15, entre várias outras opções doces.

No evento, o público também vai conhecer as minicoxinhas no espetinho (com 4 unidades), por R$ 12, além de opções de coxinhas gratinadas. A coxinha gratinada inteira vai custar R$ 18; a versão menor sairá por R$ 10.

Comida alemã

A culinária alemã, introduzida no Brasil por imigrantes que se instalaram no sul do País no início do século passado, hoje é muito apreciada pelos brasileiros de todas as regiões. No festival de comida alemã, o público vai conhecer e experimentar muitos clássicos dessa cozinha, a partir de R$ 12 a unidade, a exemplo do salsichão grelhado.

Entre os mais populares, o joelho de porco, ou Eisbein, será destaque em diversas receitas. No Memorial, vai ser possível comer desde lanches de joelho de porco, a partir de R$ 25, até porções de 400g, por R$ 40.

Salsichão grelhado, a partir de R$ 12 a unidade é outra comida alemã muito popular no Brasil. Quem quiser provar o hot dog alemão (salsichão frankfurter com chucrute), vai desembolsar R$ 28.

Cervejas

A partir de R$ 12 (300ml) será possível matar a sede com cerveja artesanal, estilo Pilsen, das mais variadas procedências. Meio litro sai por R$ 15, e um litro a R$ 30. Se a preferência for por uma cerveja artesanal estilo IPA, Weiss ou American Larger, o preço sobe para R$ 15.

No evento haverá ainda opções para quem preferir outros pratos, além de coxinhas e comida alemã. O público terá à disposição lanches de pernil, de linguiça, comida baiana, comida oriental, opções de hambúrgueres, churros e outros doces, entre variados itens.

Entrada gratuita

O acesso ao Festival é gratuito. Também é muito fácil chegar ao Memorial da América Latina, que está localizado a menos de 200 metros da estação Barra Funda do Metrô (Linha Vermelha). O local também está no trajeto de diversas linhas de ônibus. Quem preferir ir de carro, tem opção de estacionamento terceirizado com acesso pelo portão 15 do Memorial.

A infraestrutura e a segurança do local são outros pontos fortes do evento. O Festival vai contar com mais de 200 mesas disponíveis, garantindo mais comodidade e conforto aos frequentadores. Quem quiser, pode levar até o seu animal de estimação, porque o evento é totalmente pet friendly.

Crianças

Quem for ao evento com crianças contará ainda com um Espaço Kids, para garantir a diversão da garotada. Vários brinquedos à disposição das crianças, com preços a partir de R$ 10. O Memorial da América Latina oferece ainda banheiros, posto médico e fraldários para uso dos frequentadores do evento.

Os Festivais, que acontecem anualmente, são realizados pela Art Shine Promoções e Eventos. Têm os apoios da Fundação Memorial da América Latina e da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. O objetivo é proporcionar à população espaço de lazer e de entretenimento, com uma grande variedade de opções de quitutes que são uma verdadeira mania paulistana.

Música ao vivo

O programa que reúne coxinhas, comida alemã e cerveja artesanais fica mais completo ainda quando tem música. Para animar o público que for ao Memorial da América Latina, oito bandas se revezam durante o sábado e o domingo com opções para todos os gostos: rock, pop, MPB entre outras apresentações.

Programação Musical

Sábado (21/05)

12h45 – Voz Martin – MPB

14h45 – Douglas & Sandrinho (participação de Wesley Back) – Sertanejo/Forró

16h45 – Rock’n Roll Radio – Rock

18h45 – Matuta – Rock

Domingo (22/05)

12h45 – Diego Max – Latina / MPB

14h45 – Space Cake – Rock Autoral

16h45 – Zona Western – Country

18h45 – Periferia Massa – Samba Soul

Serviço

Festival da Coxinha, da Comida Alemã e da Cerveja Artesanal no Memorial da América Latina

Quando: 21 e 22 de maio (sábado e domingo)

Horário: das 11h às 21h

Onde: Memorial da América Latina

Endereço: Av. Mário de Andrade, 664 – Barra Funda – São Paulo (SP)

Portões Entrada: 8, 9 e 12

Estacionamento: Portão 15

Bicicletário: ao lado do portão 9

Importante: Obrigatória a apresentação do “Passaporte de Vacinação”.

Apoios: Memorial da América Latina e Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria Estadual da Cultura

Mais informaçõesacesse o site

- PUBLICIDADE -