Vereador garante capacitação para profissionais da Educação atenderem alunos com diabetes

Foto: Karina Yamada

Com o objetivo de assegurar qualidade de vida aos estudantes da rede municipal de ensino de Guarulhos, o vereador Thiago Surfista (PSD) apresentou uma proposta visando a capacitação de profissionais da Educação no que diz respeito ao atendimento das crianças com diabete melito. A medida foi sancionada pelo prefeito Guti e é lei na cidade, garantindo que os alunos recebam o cuidado necessário durante o período letivo.

“Era necessário ter um profissional capacitado nas escolas cuidar das crianças com esse tipo de diabete, porque elas precisam de uma alimentação e atendimento diferenciado. Além disso, se elas tiverem algum problema, esse profissional saberá identificar”, disse o parlamentar.

Em seu segundo mandato como vereador em Guarulhos, Surfista também apresentou a proposta que autoriza o poder público municipal a disponibilizar a vacina BCG às instituições particulares de saúde com serviço de maternidade.  

Formado em Ciências Biológicas, ele foi secretário do Meio Ambiente por mais de um ano, sendo o responsável pela implantação de placas fotovoltaicas no Bosque Maia. Estrutura condiciona 87 placas de energia fotovoltaica (que transforma luz solar em energia elétrica) suficientes para suprir toda a necessidade de energia do parque, gerando economia de cerca de R$ 40 mil anuais ao município. “A pasta tem muita coisa importante, além do serviço rotineiro de manutenção da cidade, como podas, roçagem, entre outros. A intenção também é combater crimes relacionados ao meio ambiente”, explica.

Surfista foi eleito vereador pela primeira vez em 2016, pelo PRTB, com 3.352 votos e reeleito, em 2020, com 7.885 já pelo PSD.

Ação social

O vereador é também responsável pelo projeto social “Entre nessa onda”, existente há mais de 12 anos, trabalhando com crianças, idosos e famílias. A ação promove uma série de atividades como aulas de inglês, ballet, reforço escolar, violão, canto, ginástica para a terceira idade, samba rock, zumba, robótica e informática. Passeios também fazem parte da programação do projeto. “Nós levamos as crianças ao circo, ao Corpo de Bombeiros, ao cinema, para fazer piquenique, fora as campanhas de agasalho e arrecadação de alimentos. É um projeto muito amplo. O que podemos fazer para ajudar o próximo, nós fazemos”, diz.

- PUBLICIDADE -