Perigos do uso de cerol é tema de oficina no zoológico de Guarulhos

A terça-feira (30) marcou o dia de conscientização, no Zoológico de Guarulhos, sobre o perigo que o uso do cerol e da linha chilena em pipas oferece a animais e humanos. A equipe de educação ambiental do parque recebeu mais de cem crianças nas oficinas realizadas de manhã e à tarde.

A atividade conduzida pela bióloga Flavia Queiroga mostrou às crianças fotos de ferimentos causados em aves e em outros animais que se enroscaram nas linhas presas aos galhos de árvores. Somente durante as férias de julho, o zoo de Guarulhos recebeu cinco pássaros feridos por linhas de pipa. Um deles, um pica-pau-do-campo, teve uma das pernas amputada devido ao ferimento.

Desde janeiro deste ano, 16 aves, dentre elas algumas corujas, já foram socorridas pelo zoo, o que faz do tema algo a ser trabalhado não só nas férias, mas durante todo o ano. “Apesar de as ocorrências envolvendo animais feridos por linhas com cerol e linhas chilenas aumentarem nas férias, infelizmente isso ainda é algo que acontece durante o ano todo. Aqui procuramos mostrar às crianças todo o sofrimento dos animais atingidos, esperando sensibilizá-las”, explica Flavia.