Servílio transfoma The Fire em ponto de encontro de jogadores consagrados

Reportagem: Wellington Alves

Os melhores jogadores e cronistas do futebol brasileiro virão a Guarulhos, semanalmente, a partir de 29 de agosto. O The Fire Steak & Burger vai sediar o evento “Servílio e seus amigos”, todas as quintas-feiras, das 20h à meia-noite. O couvert artístico custará R$ 6 e apenas quem tiver nome na lista conseguirá ter acesso aos craques.

Alessandro de Jesus, conhecido como Servílio, é ex-jogador de futebol. Foi campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior com a Portuguesa, na famosa geração do atacante Denner. Teve passagens por Palmeiras, Mogi Mirim e times portugueses. Atualmente, ele é responsável pelo Instituto Servílio, em homenagem ao seu pai e o avô, dois dos maiores jogadores da história do futebol brasileiro.

A família de Servílio mora em Guarulhos desde 1979. O carinho pela cidade fez com que ele planejasse o evento, que dará oportunidades aos guarulhenses de conhecerem grandes ídolos do esporte. Nomes como Serginho Chulapa, Abel, Lima, Edu, Ademir da Guia, Dudu e Falcão (melhor jogador de futsal da história) estão garantidos.

“Será um momento de reencontro de grandes jogadores”, garante Servílio. O ex-boleiro se orgulha da proximidade com grandes craques. Ele já ficou hospedado na casa de Neymar – jogou com o pai do jogador do PSG na década de 1990, pegou carona com Roberto Carlos na Espanha, e bate-bola em amistosos com ex-atletas com frequência.

O The Fire Steak & Burger fica na rua Tapajós, 56, no Jardim Barbosa, em Guarulhos. Quem quiser participar nos eventos do “Servílio e seus amigos” deve procurar o organizador pelo telefone (11) 98183-8886. Informações também no site servilio.com ou no Instagram @serviliosoccerinstitute.

Verba do evento será revertida para projeto social

O dinheiro arrecadado com couvert artístico no “Servílio e seus amigos” será revertido para o Instituto Servílio. A entidade está sem sede própria, mas busca a cessão de um espaço público junto à Prefeitura de Guarulhos. A intenção de Servílio é ajudar jovens jogadores brasileiros a ingressarem em universidades nos Estados Unidos.

Servílio já organizou seis viagens de atletas para fazerem seletivas no território norte-americano. A maioria foi aprovada na avaliação técnica, mas acabou rejeitada pelas universidades pela falta de fluência em inglês. “A ideia é reunir jogadores, ensinar inglês e levá-los para seletivas, uma vez por ano, nos EUA”, explica. Os atletas teriam acesso a um curso universitário e, em contrapartida, defenderiam as cores das faculdades nos torneios locais.

O nome Servílio é influente no futebol brasileiro. O avô jogou no Corinthians e marcou mais de 200 gols entre 1938 e 1949. Já o pai foi um dos grandes craques do Palmeiras e conquistou o título da Copa Rocca pela Seleção Brasileira.