Na língua indígena tupi, Itararé significa “a terra que o rio escavou”. É uma referência à ação das águas do leito subterrâneo do rio Itararé, que formou os grandes cânions e as formações rochosas que circundam a cidade e são responsáveis pela exuberância de sua vegetação.

Por essas características, a cidade é ideal para a prática do ecoturismo. As trilhas no meio da mata preservada e em caminhos íngremes levam a belas cascatas que desaguam em piscinas naturais.  A água dos rios também serviu para a formação de lindas esculturas nas formações rochosas e paredões, ideais para a prática de esportes como o trekking e rapel.

Existem muitas grutas subterrâneas no Rio Itararé, na divisa de São Paulo com o estado do Paraná. Através da mata que recobre uma grande extensão do seu curso, nota-se o escachôo maravilhoso desse fabuloso rio que vem perfurando as profundezas das rochas, numa erosão subterrânea que se prolonga por grande extensão, do Vale do Corisco a Gruta da Barreira.

Os visitantes que procuram mais sossego e diversão para as crianças vão adorar as piscinas naturais formadas no cursos dos rios de águas cristalinas, acompanhados da ampla infraestrutura de bares e restaurantes. Com os seus cânions e belezas naturais, Itararé é o “Destino da Semana” escolhido pelas pessoas que participam das redes sociais do Governo do Estado.

Itararé faz parte da RT Verde Sudoeste Paulista – Circuito dos Cânions. Sua posição estratégica no sul de São Paulo a 360 km da capital paulista pela SP 258 e 280 km de Curitiba-PR pela PR-151.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here