Barreto pede revisão no planejamento do transporte público neste período de pandemia

O vereador Eduardo Barreto (PROS) pede a revisão do planejamento para o transporte público neste período de pandemia - Crédito: Ivanildo Porto

Da Redação
[email protected]

Diante da pouca oferta e a constante demanda no serviço de transporte público, o vereador Eduardo Barreto (PROS) entende que a Prefeitura de Guarulhos (SP) precisa rever o planejamento elaborado para atender os passageiros que utilizam as linhas municipais para alcançar seu destino. De acordo com ele, a redução na frota provoca aglomerações nos terminais, pontos de ônibus em todo município e principalmente dentro dos veículos.

“A situação que nos depararmos em relação ao transporte público é das mais complicadas. Não existe, no meu entendimento, segurança alguma ao passageiro que utiliza o sistema nos dias atuais. Acredito, eu, que isso é reflexo da falta de planejamento para o atendimento ao munícipe que precisa do ônibus para cumprir com seus compromissos. É preciso rever esta política”, disse o vereador Eduardo Barreto.

Além da crítica à redução da frota de ônibus para atender a demanda de passageiros que utilizam diariamente as linhas municipais para locomoção, Barreto acredita que essa medida não colabora para atender as medidas de segurança recomendadas pelas autoridades sanitárias e de saúde em relação a possibilidade de contágio ao novo Coronavírus. Ele ressalta que somente o fornecimento de máscaras não é suficiente para evitar a contaminação naqueles ambientes e grande circulação de pessoas.

“Da maneira que está é impossível que as pessoas possam estar protegidas. Não existe distanciamento social. Os ônibus e os micros estão lotados. Isso é um banquete para o vírus, que não perdoa ninguém. Do que adianta oferecer a máscara se não tem como fazer o distanciamento social? Volto a reiterar, é preciso rever essa decisão quanto a redução da frota, além de reorganizar o sistema neste período de pandemia”, concluiu.

Guarulhos conta com uma redução de quase 60% de sua frota desde o dia 02 de abril deste ano. Em seu sistema de transporte público, o município conta com aproximadamente 900 veículos, que estão distribuídos em quase 70 linhas. São transportadas diariamente, em dias normais, cerca de 550 mil pessoas.