Celulares e entorpecentes são apreendidos em unidades prisionais de Guarulhos

Agentes de segurança da Penitenciária “Desembargador Adriano Marrey” de Guarulhos encontraram, no último sábado (5), duas placas de aparelho de telefone celular escondidas em meio ao pão tipo bisnaga.  O material teria sido enviado pela mãe do sentenciado e foi detectado no momento em que o alimento passava pelo aparelho de raio-X.

Ainda na PII de Guarulhos, nove pedaços de papel, semelhantes à droga sintética K4, foram encontrados camuflados dentro de um pacote de pão de forma. O entorpecente foi enviado via correio.

Já no Centro de Detenção Provisória “ASP Giovani Martins Rodrigues” de Guarulhos, três apreensões foram registradas no último domingo (6). Os agentes de segurança da unidade prisional, durante revista dos itens enviados via correio, apreenderam 24 canudos recheados com substâncias entorpecentes, supostamente maconha e cocaína.

As drogas foram encaminhadas a custodiados da unidade prisional camufladas dentro de tubos de creme dental.

Os ilícitos apreendidos nos dois estabelecimentos penais de Guarulhos foram encaminhados ao 8° Distrito Policial do município para averiguação e registro de Boletim de Ocorrência.