Eleições 2020: Caso eleito, Elói Pietá espera implantar CEU tecnológico em sua gestão

Antônio Boaventura
[email protected]

Em novembro de 2018, Rodrigo Barros, ex-secretário de Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e de Inovação (SDCETI), havia revelado que a implantação do Parque Tecnológico estava previsto para o decorrer deste ano, já que existe o credenciamento para esta iniciativa junto ao Governo do Estado. Contudo, ainda não há previsão para que isso possa acontecer. Mas, o ex-prefeito Elói Pietá (PT) espera transformar esta ação em CEU Tecnológico.

“A nossa ideia é fazer um CEU tecnológico porque os CEUs são mais amplos e nós vamos implementar o acesso à internet na rede municipal de ensino e repercutir nas famílias. O desenvolvimento tecnológico vai ser uma das metas importantíssimas de nossa gestão como fizemos quando fui prefeito”, declarou o ex-prefeito.

O local poderá abrigar institutos de pesquisa, empresas de diversos ramos, como tecnologia, logística e da indústria farmacêutica, além de estrutura comercial de serviços, escritórios acadêmicos e moradia temporária que poderá acomodar pesquisadores. A intenção da SDCETI é que, uma vez confirmado o credenciamento, seja iniciado o processo de chamamento público de empresas para a continuidade do projeto do Parque Tecnológico.

“Quando fui prefeito nós tínhamos uma parceria com a Agende uma incubadora de empresas, que funcionava onde era o Instituto Federal de Educação, que nós conseguimos trazer para Guarulhos. Essa é a única à oferecer o curso de Engenharia na cidade, além de trazermos a Unifesp”, concluiu.

O credenciamento provisório, válido por quatro anos, é condição necessária para que a entidade gestora do parque possa ter acesso ao apoio institucional ou financeiro da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação Estadual, mediante a apresentação de propostas específicas relativas a estudos de possíveis empreendimentos.