Política: Com apenas 12 vereadores, sessão virtual da Câmara Municipal é encerrada por falta de quórum

Antônio Boaventura
[email protected]

Com apenas 12 vereadores presentes, sessão parlamentar virtual da Câmara Municipal desta quinta-feira (15) foi encerrada por número insuficiente de parlamentares. Já os vereadores Eduardo Carneiro (Cidadania), líder do governo do prefeito Guti (PSD), e José Luiz (PT), líder da oposição, divergem sobre os motivos que provocaram o encerramento dos trabalhos.

Carneiro entende que o período de campanha eleitoral e a possibilidade de votar a alteração do período de mandato do presidente da Câmara de dois anos para apenas um não interferiram na ausência de 22 vereadores na sessão desta quinta. Contudo, esta votação foi prejudicada e deve voltar a fazer parte da pauta de trabalho na próxima quinta-feira (22).

“Acredito que não teve nenhum tipo de influência. Tinham apenas 12 vereadores e não tive como andar a sessão. Por isso, encerrei por falta de quórum. Mas, não acredito nisso. O pessoal está bem definido em relação às sessões online e tem corrido bem”, explicou Carneiro.

Em contrapartida, o vereador José Luiz, que não concorre à reeleição, entende que os dois temas foram cruciais para que a sessão virtual desta quinta-feira pudesse não acontecer. O mesmo ressaltou que a Câmara encontra dificuldades para realizar os trabalhos de forma virtual neste período.

“Sempre tem. A sessão foi encerrada logo no começo. Não estão querendo discutir assuntos polêmicos. Estão repercutindo muitos assuntos espinhosos. Com a sessão presencial já era difícil e com a online é mais complicado”, concluiu.