Mercedes-Benz elétrico vai ter autonomia de 1.000 km

Foto: Divulgação/Mercedes-Benz

Embora ainda seja um carro-conceito, o elétrico Mercedes-Benz Vision EQXX terá autonomia superior a mil quilômetros. A informação foi divulgada no Linkedin pelo COO da Daimler Group Research e da Mercedes-Benz Cars, Markus Schäfer. O modelo inédito não teve nenhuma foto completa revelada e será apresentado no dia 3 de janeiro de 2022. Segundo o executivo, esse alcance será possível com o carro rodando a 100 km/h.

FIM DO ASX. Vendido por 11 anos no País, o Mitsubishi ASX está se despedindo do nosso mercado. Inicialmente importado do Japão, o crossover virou nacional em 2013, mas não teve nova geração. No total, foram vendidas quase 74 mil unidades do modelo no mercado brasileiro. Segundo a marca, o sucessor natural do ASX é o Outlander Sport que, grosso modo, é o mesmo carro, mas com dianteira diferente.

ADEUS AO MOTOR 1.8. Outro que está saindo de cena é o motor Fiat 1.8 E.torq. O motivo será a entrada em vigor da sétima fase do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), no dia 1º de janeiro de 2022. O Proconve L7 aperta ainda mais as restrições às emissões de poluentes e, com isso, haverá mudanças nas linhas de vários produtos. No caso da Fiat, uma das principais será o encerramento da produção do Doblò, que foi lançado no País em 2001. Além disso, a versão Endurance 1.8 da picape Toro, que utiliza o mesmo motor, não vai ser mais vendida.

O CAMPEÃO VOLTOU. Em um ano repleto de altas e baixas, as vendas de autos e comerciais leves cresceram 7,3% em novembro. No mês passado, foram emplacadas 161.027 unidades, segundo dados da Fenabrave, federação que reúne as associações de concessionárias do País. Entre os destaques, o Chevrolet Onix recuperou o topo da ranking, com 9.327 emplacamentos. Depois vêm a Fiat Strada, com 8.535, e o Onix Plus, com 7.521 vendas no mês.

VW MAIS CAROS E EQUIPADOS. A Volkswagen aplicou um novo reajuste de preços à sua linha. A boa notícia é que eles estão mais equipados. O T-Cross, por exemplo, traz controlador de velocidade de cruzeiro adaptativo e frenagem autônoma de emergência a partir da versão 200 TSI. O Nivus ganhou ACC, AEB e start&stop de série e a versão Highline, de topo, traz ar-condicionado digital com comandos na tela.