Fé e Alegria: exposição na Linha 9-Esmeralda leva ao público trabalho realizado com pessoas em situação de vulnerabilidade social

“O trabalho começa onde o asfalto termina”: esse é o tema da mostra que a Fundação Fé e Alegria Brasil apresenta ao público das estações Granja Julieta e Vila-Lobos-Jaguaré, da Linha 9-Esmeralda, entre os meses de abril e maio. A exposição traz, em 20 pranchas, fotos, depoimentos e ações realizadas pela instituição com pessoas em situação de vulnerabilidade social, como os serviços de apoio a pessoas em situação de rua e o trabalho de integração de migrantes venezuelanos no Brasil.

Os projetos oferecidos pela fundação têm como foco a proteção e o desenvolvimento dos atendidos. O objetivo é estimular sua permanência na escola, incentivar o sentimento de protagonismo e autonomia e melhorar as relações familiares e sociais das pessoas apoiadas.

Na exposição, o público tem contato com depoimentos, que ilustram o trabalho realizado pela fundação. Neide Vieira Guimarães, atendida por Fé e Alegria em Montes Claros (MG), conta que quando chegou à instituição “não sabia de nada”. Mas, como sempre gostou de artesanato e tinha vontade de aprender, focou nessa área e se desenvolveu. “Logo no início, entreguei uma encomenda para uma festa e fui muito elogiada”, revela.

Entre as ações realizadas pela Fundação, estão atividades temáticas, formações socioeducacionais, palestras e clubes de leitura. Um dos destaques é o Projeto Meninas e Meninos Livres, que busca colaborar para a equidade de gênero e combater a violência contra a mulher.

“Parcerias com empresas como a ViaMobilidade são essenciais para ampliar a visibilidade de nossa instituição e, consequentemente, de nossos projetos. Essa exposição fará com que mais pessoas conheçam e apoiem a causa da Fundação Fé e Alegria e, dessa forma, poderemos seguir com nosso propósito de transformar as regiões nas quais estamos inseridos”, celebra o padre Antonio Tabosa, diretor-presidente da Fundação Fé e Alegria.

“Essa mostra atende às preocupações da ViaMobilidade, sempre atenta a questões sociais”, diz Juliana Alcides, gerente de Comunicação e Sustentabilidade da concessionária. Segundo ela, iniciativas que promovem a qualidade de vida, com foco nos mais vulneráveis, merecem visibilidade, a fim de servirem de estímulo para projetos similares.

Serviço:

Fé e Alegria: o trabalho começa onde o asfalto termina”

Estação Granja Julieta: até 2 de maio

Estação Vila-Lobos-Jaguaré: de 4 a 31 de maio

- PUBLICIDADE -