Briga por vaga de garagem termina em agressão e tentativa de homicídio na Vila Augusta

Foto: Reprodução

Um homem de 43 anos está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Carlos Chagas em estado grave correndo risco de morte após ter sido agredido por um jovem de 21 anos dentro do condomínio em que reside na Vila Augusta.

Na madrugada do último domingo (24), o homem, acompanhado de sua esposa, chegou ao condomínio e percebeu que havia um veículo estacionado em sua vaga. Ele solicitou na portaria que o condutor retirasse o mesmo. O jovem compareceu à garagem retirando parcialmente o automóvel que ainda impedia a entrada na vaga.  

Assim, a vítima encostou a mão no vidro do carro do jovem e pediu a ele que permitisse que estacionasse o carro, momento em que o suspeito desceu exaltado e agrediu a vítima com socos no rosto.  Um dos seguranças do condomínio tentou conter o jovem, mas também foi agredido. Da mesma forma, a esposa da vítima também acabou ferida, ficando com trauma em seu ombro. Após agredir o segurança e a mulher, o suspeito derrubou a vítima no chão e passou a efetuar diversos chutes na cabeça. As agressões foram presenciadas pelos filhos do casal. O homem foi contido por outros seguranças do condomínio, porém, ele subiu para um dos apartamentos.

Ele foi preso nesta sexta-feira (29) por policiais civis do 5º Distrito Policial (DP) de Guarulhos. Ele alegou que, na verdade, foi insultado e se defendeu, mas que exagerou. Foi decretada sua prisão temporária e o mesmo encontra-se à disposição da Justiça.

Na receita médica da vítima consta que o homem sofreu uma lesão decorrente de um trauma externo, que tenha como consequência alterações anatômicas do crânio por politrauma por instrumento contundente.

- PUBLICIDADE -