Operação Sufoco prende autores de homicídio, latrocínio, furtos, roubos e contrabando

Foto: SSP

Em quase 20 dias de ação, mais de 2,2 mil pessoas já foram detidas, mais de 4,7 mil automóveis e motos apreendidos, 321 veículos roubados ou furtados foram recuperados e devolvidos aos proprietários e quase 10,8 toneladas de drogas apreendidas.
No 19º dia da Operação Sufoco, completado neste domingo (22), policiais prenderam os autores de furtos a condomínios e comércios e dos responsáveis pelo latrocínio que vitimou um motorista de aplicativo, na Grande São Paulo. No litoral, uma dupla foi presa após praticar um sequestro relâmpago.
Na cidade de São Paulo, o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) prendeu um homem e uma mulher que integravam uma quadrilha especializada em furtos a apartamentos na capital paulista. As detenções ocorreram na última sexta-feira (20), nos bairros do Brás e Aclimação.

Na Grande São Paulo, integrantes da Seccional de Guarulhos prenderam, também no dia 20, quatro integrantes de um grupo especializado em furtos de comércios. As prisões ocorreram no centro da cidade.
No mesmo dia, integrantes do Setor de Homicídios da Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de São Bernardo do Campo prenderam três pessoas e apreenderam uma adolescente, após esclarecerem um roubo seguido de morte que vitimou um motorista de aplicativo, no último dia 18. As detenções ocorreram em Diadema.
No sábado (21), policiais militares prenderam dois homens e recuperaram três motocicletas, na zona leste da Capital. Na ação, celulares roubados também foram apreendidos, assim como uma arma de fogo e um simulacro de arma.

Na mesma data, em Nantes, no interior do Estado, policiais civis prenderam o autor de um homicídio ocorrido após uma discussão. A prisão foi realizada no momento que o criminoso tentava fugir e a faca usada no delito foi apreendida.
Em Presidente Venceslau, uma equipe do 2º Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) prendeu um homem pelo contrabando de 200 mil maços de cigarros de origem estrangeira, sem documentação fiscal. O flagrante ocorreu neste domingo (22).

Em outra ação de ontem, uma equipe do 6º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I) prendeu dois criminosos pela prática de um sequestro relâmpago que vitimou um casal, em Santos. Na ação, um dos suspeitos tentou matar uma das vítimas, que é oficial do Corpo de Bombeiros. A arma usada no crime, roubada, foi apreendida.
Prisões e apreensões
A Operação Sufoco já deteve mais de 2,2 mil pessoas e vistoriou cerca de 133,7 mil veículos. Foram apreendidos mais de 4,7 mil automóveis e motos, e recuperados 321 veículos que haviam sido roubados ou furtados. 
Até o momento, foram apreendidas, aproximadamente, 10,8 toneladas de drogas, 135 armas de fogo e 14 armas brancas. Também foram recolhidos simulacros de armas, cartões bancários, máquinas de cartão, celulares e carcaças de celulares, veículos de alto valor, itens de informática, mais de R$ 27,3 mil em espécie, dinheiro estrangeiro, entre outros objetos.
Operação Sufoco
A Operação “Sufoco” foi iniciada no último dia 4 para combater a criminalidade, com destaque para os delitos cometidos por falsos entregadores de delivery, na cidade de São Paulo, se estendendo para a região metropolitana e interior. A ação começou no mesmo dia em que foi anunciado um aumento na quantidade de policiais nas ruas da Capital, dobrando o efetivo operacional por meio de atividades extras.

- PUBLICIDADE -