Operação Sufoco detém 10 e recolhe 46 celulares em ação para coibir roubos e furtos no centro

Foto: Governo do Estado de São Paulo

A operação Sufoco completou 26 dias e, neste último final de semana (28 e 29/5), foi responsável pela detenção de dez pessoas durante uma ação integrada das forças de segurança para coibir furtos e roubos no centro da Capital, inclusive na Rua Guaianazes.
A Polícia Civil, por meio da 1ª Seccional da Capital, efetuou uma atividade de inteligência, que incluiu a imersão de policiais em meio ao público das festividades, para apurar crimes patrimoniais e identificar seus autores. Em paralelo, a Polícia Militar, em seu trabalho de policiamento ostensivo, efetuou abordagens e vistorias.
Como resultado, seis pessoas foram presas em flagrante, um procurado pela Justiça capturado e três adolescentes apreendidos. Além disso, 46 celulares foram apreendidos e encaminhados à perícia para verificação de procedência e restituição aos proprietários. Foram abordadas: 585 pessoas, 55 veículos e 53 motocicletas. Além de 21 autos de infração, incluindo de trânsito, elaborados. 
No interior do Estado, uma equipe do 2º Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) abordou uma caminhonete SW4, durante uma fiscalização na Rodovia Assis Chateaubriand, em Parapuã. Como resultado, encontrou 1.502 tabletes de maconha, que somaram 1.159 quilos. As drogas e o veículos foram apreendidos para perícia. 
Prisões e apreensõesA Operação Sufoco já deteve mais de 3,1 mil pessoas e vistoriou cerca de 189 mil veículos, sendo 67,5 mil motocicletas. Foram apreendidos 7,6 mil veículos, sendo 3,3 mil motos, e recuperados um total de 447 veículos que haviam sido roubados ou furtados.
Até o momento, foram apreendidas, aproximadamente, 13,6 toneladas de drogas, 179 armas de fogo e 19 armas brancas. Também foram recolhidos simulacros de armas, cartões bancários, máquinas de cartão, celulares e carcaças de celulares, veículos de alto valor, itens de informática, cerca de R$ 93 mil em espécie, dinheiro estrangeiro, entre outros objetos.
Operação SufocoA Operação Sufoco foi iniciada no último dia 4 para combater a criminalidade, com destaque para os delitos cometidos por falsos entregadores de delivery, na cidade de São Paulo, se estendendo para a região metropolitana e interior. A ação começou no mesmo dia em que foi anunciado um aumento na quantidade de policiais nas ruas da Capital, dobrando o efetivo operacional por meio de atividades extras.Nathalia Pagliarini

- PUBLICIDADE -