Professores param a avenida Tiradentes

Os professores municipais pararam a avenida Tiradentes no sentido de ida ao centro de Guarulhos, logo na descida do Saae com o cruzamento para a avenida Faria Lima. O sentido de volta da avenida Tiradentes, até o momento, trafega normalmente.

Após a votação para continuar com o pedido da greve, os professores anunciaram que iriam para a Praça Getúlio Vargas, mas no inicio do trajeto, acabaram parando a avenida Tiradentes, sentando-se com faixas e gritos contra o prefeito Sebastião Almeida, que não teria cumprido o acordo de bonificação salarial e plano de carreira.

Os professores seguiram no sentido de ida da avenida Tiradentes causando transtorno no trânsito principalmente a quem trafegava pela avenida Paulo Faccini, com parada final na Praça Getúlio Vargas, mas o protesto deve ter continuação amanhã, às 11h, novamente na Praça Getúlio Vargas.

Segundo a rede social dos Servidores de Guarulhos, o Sindicato dos Metalúrgicos, dos Têxteis, da Alimentação, da Refeição e Força Sindical, compareceram a avenida Bom Clima para apoiar os servidores.

Reportagem: Ulisses Carvalho