Obras de limpeza do rio Tietê entre Guarulhos e Mogi devem começar em 30 dias

Nos próximos 30 dias devem ter início as obras de desassoreamento do Rio Tietê entre os municípios de Guarulhos e Mogi das Cruzes. A informação foi confirmada pelo governador Geraldo Alckmin durante reunião do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat).

No total, serão 44 quilômetros de extensão, com previsão de retirada de 345 mil metros cúbicos de material assoreado, investimento de R$ 37 milhões e 18 meses até a conclusão. As intervenções começarão pelo trecho do rio em Mogi das Cruzes.

Durante o encontro, realizado na noite desta quarta-feira no Palácio dos Bandeirantes, Alckmin anunciou investimentos para as principais demandas apresentadas pela região como a duplicação da rodovia Mogi-Dutra (SP-88), no trecho entre a rodovia Ayrton Senna e a cidade de Arujá; construção da alça de acesso do Rodoanel no município de Suzano, com a duplicação da Estrada dos Fernandes; e melhorias no transporte ferroviário.

A reunião com o governador se estendeu por mais de duas horas e, além das demandas de caráter regional, Alckmin também fez tratativas para o atendimento de questões pontuais de cada cidade, apresentadas por seus prefeitos. O encontro teve a participação, ainda, do secretário de Estado da Casa Civil, Samuel Moreira.

“Foi uma reunião muito positiva, onde os prefeitos participaram e tivemos a oportunidade de detalhar assuntos muito importantes para a região. Os quatro grandes temas que o Condemat trouxe foram atendidos. O governador explicitou cada um deles com detalhamento e determinou que as obras tenham início. Além disso, cada prefeito tratou de problemas pontuais do seu município e todos saíram bastante satisfeitos”, ressaltou o presidente do Condemat, prefeito Marco Bertaiolli (PSD), de Mogi das Cruzes.