Família mantém filho em cárcere privado por 18 anos

Durante uma denúncia de tráfico de drogas, policiais militares entraram na residência errada e encontraram um rapaz, cujo nome não foi revelado, mantido em cárcere privado pela família, pai, mãe, irmão e madrasta, por 18 anos. O rapaz esteve preso no porão da residência dos 18 até os 36 anos, quando os policiais encontraram o homem na última quinta-feira, 20.

A família realizou a mudança neste sábado, 22, com o apoio da Polícia Militar, pois muitos moradores pediam justiça e realizaram diversas pichações na residência. O rapaz libertado do cárcere privado aos 36 anos e foi encontrado muito debilitado. Estava todo sujo, e o cômodo, estava em condições precárias, com pia e vaso sanitários muito sujos, colchão sem roupa de cama e muitos insetos.

Segundo a repórter Cinthia Gomes, da rádio CBN, o rapaz era mantido sedado em cativeiro, e a suspeita, segundo os moradores, é de que a própria madrasta que é enfermeira administrasse a medicação.

Reportagem: Ulisses Carvalho