Guarulhos perde duas agências com a reestruturação do Banco do Brasil

O Banco do Brasil anunciou nesta segunda-feira (21) que três agências da instituição, em Guarulhos, serão fechadas já no próximo ano. Segundo o comunicado, as agências ficam localizadas nas regiões da Praça do Rosário e do Santos Dumont.
A instituição anunciou, neste domingo (20), um plano de reestruturação que deverá fechar agências e enxugar a estrutura administrativa do banco. De acordo com o banco, o plano de incentivo à aposentadoria anunciada em outubro foi confirmado.

As mudanças devem ocorrer ao longo de 2017, segundo o banco. Com a reformulação, o Banco do Brasil espera economizar R$ 750 milhões, sendo R$ 450 milhões decorrentes da nova estrutura organizacional e R$ 300 milhões da redução de gastos com transporte de valores, segurança e despesas com os imóveis.

Das 402 agências do Banco do Brasil que serão fechadas, 222 estão no Estado de São Paulo -72 na capital. O banco afirmou que não deixará de atuar em nenhum município em que o BB já está.
Entre as agências encerradas e substituídas por postos de atendimento, serão 781 unidades afetadas, de um total de 5.430 – o que corresponde a 14% do total do banco. O plano foi bem recebido por analistas.
Para a equipe de análise da Guide Investimentos, as medidas são importantes para o banco estatal ganhar eficiência e conseguir se aproximar do patamar de rentabilidade dos grandes bancos privados.

A Coinvalores destaca o plano está em linha com a estratégia adotada pelos concorrentes privados do BB, que têm focado cada vez mais em plataformas digitais de atendimento.
“O banco deve obter ganhos importantes não só de economia, como de competitividade ao modernizar sua operação.” A XP Investimentos se diz otimista com o BB, ressaltando as iniciativas de corte de gastos e redução da estrutura, com foco na rentabilidade. “Reiteramos a nossa visão positiva e seguimos recomendando exposição ao ativo, que faz parte das nossas carteiras recomendadas.”

Reportagem: Leticia Lopes
Foto: Ivanildo Porto