Conclusão do Trevo de Bonsucesso fica para próxima gestão, informa Almeida

O prefeito Sebastião Almeida informou ontem que a conclusão das obras do Trevo de Bonsucesso ficará para a próxima gestão. As intervenções tiveram início em 2014, mas caberá ao prefeito eleito, Guti (PSB), dar prosseguimento aos trabalhos.

“O que não dá para fazer está planejado e programado para o próximo governo. Vamos fazer todo o esforço necessário para entregar mais etapas até o final deste mês. Eu tenho plena convicção que o próximo prefeito vai dar continuidade porque temos projeto pronto e recursos garantidos, então não há motivo para não sair”, disse Almeida durante vistoria realizada às obras.

A finalização das obras do primeiro viaduto do trevo, sentido São Paulo/Rio Janeiro, deverá ser entregue ainda nesta semana, como parte dos festejos de aniversário de Guarulhos. Com a abertura desse novo acesso ao tráfego, haverá o aumento da capacidade do trevo, favorecendo o acesso de veículos sentido Bonsucesso e Dutra/Rio de Janeiro. O viaduto tem 74 metros de comprimento por 14,4 m de largura e conta com três faixas de rolamento para veículos e barreiras de segurança de concreto, além de passeio para pedestres com guarda-corpo.

Deverá ser entregue ainda a pista marginal norte da Dutra, que permitirá o acesso por alça diretamente para Bonsucesso e Lavras, o que vai aliviar o trânsito proporcionando maior fluidez para quem procura esses bairros e proporcionando melhorias importantes ao tráfego.

Segundo o secretário de Transportes e Trânsito, Atílio Pereira, o mais importante é que as obras do Novo Trevo de Bonsucesso têm recursos financeiros garantidos. “Nós gastamos cerca de R$ 34 milhões e ainda temos cerca de R$ 50 milhões para o trevo e o corredor da avenida Juscelino Kubistchek”, disse ele.

Reportagem: Rosana Ibanez
Foto: Ivanildo Porto