Mais de 520 presidiários de Guarulhos irão fazer o Enem durante esta semana

Reeducandos e menores infratores de todo o estado farão o Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL) nos dias 13 e 14 de dezembro. Em Guarulhos serão 521 pessoas presas que farão as provas. Em todo o sistema prisional paulista, serão 15.855 pessoas presas que farão as provas em 155 presídios – 93,37% do total de unidades prisionais do estado.

Assim como a prova que aconteceu no início do mês passado, o Enem PPL é feito pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). São exigidos os mesmos conteúdos do exame feito para as pessoas que estão em liberdade. A diferença é o local da aplicação da prova, que neste caso é realizada nas unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos respectivos órgãos de administração prisional de cada unidade federativa do Brasil.

O exame pode servir para obter o certificado de conclusão do ensino médio em cursos de Educação de Jovens e Adultos (EJA), o antigo supletivo, além de poderem concorrer a uma vaga de curso de ensino superior pelo Sisu ou Prouni.
Entre os que fizeram o Enem 2015 e obtiveram bons resultados, há reeducandos que estão fazendo curso de nível superior em Gestão da Produção Industrial, Direito, Estética e Cosmética. Para a preparação deste ano, a maioria das unidades prisionais participantes têm grupos de estudo coordenados por monitores da Fundação “Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel” (Funap) e por professores das escolas vinculadas – desde 2013 o ensino nos presídios é oferecido por professores da rede pública, através de parceria com a Secretaria de Estado da Educação.

Atualmente, mais de 32 mil presos estudam entre o ensino formal e não formal (cursos profissionalizantes, extracurriculares, atividades complementares) em todo o estado.