Guarulhos implanta prontuário eletrônico em apenas quatro UBSs

Após o fim do prazo estipulado pelo Ministério da Saúde, Guarulhos implantou o prontuário eletrônico em apenas quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS). A cidade tinha até o último sábado (10) para concluir o processo sob o risco de sofrer com o corte de verbas.

No entanto, a Secretaria da Saúde informou ao ministério que encontra dificuldades para a implantação do sistema. A pasta espera concluir em 18 meses a instalação do prontuário eletrônico que atualmente só funciona nas UBSs Água Azul, Itapegica, Aracília e Cabuçu.

A determinação do Ministério da Saúde foi anunciada em outubro. Na época, das 41.688 UBS em funcionamento no país, 10.134 possuíam o sistema, sendo que 2.902 utilizam versões oferecidas gratuitamente pela pasta, e 7.232 softwares próprios e privados.

A informatização dos sistemas de saúde é uma das prioridades da gestão do Ministério da Saúde. O objetivo é integrar o controle das ações, promover a correta aplicação dos recursos públicos, obter dados para o planejamento do setor e, principalmente, propiciar a ampliação do acesso e da qualidade da assistência prestada à população, tornando o atendimento mais eficiente. A medida ajudará também a reduzir custos, evitando, por exemplo, a duplicidade de exames ou retiradas de medicamentos.

Com a plataforma digital, todos os serviços de saúde da cidade poderão acompanhar o histórico, os dados e resultado de exames dos pacientes, verificar em tempo real a disponibilidade de medicamentos ou mesmo registrar as visitas de agentes de saúde, melhorando o atendimento ao cidadão. A plataforma digital permite, ainda, o acompanhamento do histórico médico do paciente em todas as UBS, oferecendo ganho na qualidade e na gestão da Atenção Básica para o gestor, para os profissionais de saúde e para o cidadão.