Familiares e alunos da Escola da Prefeitura Padre Manoel de Paiva, na Vila Rosália, que foi interditada nesta quinta-feira (12) pela Defesa Civil, podem ficar tranquilos em relação ao ano letivo que começa no próximo dia 6 de fevereiro. Isso porque, o secretário de Educação, Esporte, Cultura e Lazer, Alexandre Zeitune, conseguiu garantir as aulas com a utilização das salas do Colégio Integrado de Guarulhos (CIG) e da Escola Estadual Prof. Homero Rubens de Sá.

Para Zeitune era uma questão de bom-senso. “Não é possível colocar em risco as pessoas e crianças que utilizam a escola. O prédio estava com muitas rachaduras por causa das obras do piscinão e o risco era imenso”, atestou.

Ele ainda ressaltou que tinha que decidir rápido, pois não poderia deixar os alunos sem aula e no mesmo dia já encontrou a solução. “Agradeço muito aos dirigentes do Colégio Integrado e também do Homero, que compreenderam o nosso problema e se dispuseram a ajudar. Isso é parceria, é a síntese de um governo e sociedade que são colaborativos. E o mais importante é que os estudantes não serão prejudicados”, finalizou Zeitune.

Estrutura

O CIG disponibilizou seis salas de aula para atendimento de aproximadamente 500 alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental, em três períodos.

Já os cerca de 50 alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) que estudam no período da noite serão acomodados em 2 salas de aula disponibilizadas pela Diretoria de Ensino Guarulhos Sul na EE Professor Homero Rubens de Sá, também na Vila Galvão.

Foto: Márcio Lino

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here