Prefeitura diz que manterá tarifa a 3,80, mesmo sem ter recebido notificação

A Prefeitura de Guarulhos divulgou nesta quinta-feira (19), que o preço da tarifa de ônibus continua R$ 3,80 nesta sexta-feira (20). Segundo nota encaminhada ao HOJE pela Secretaria de Comunicação, o governo municipal ainda não foi notificado da decisão da 2ª Vara da Fazenda Pública, que suspendeu o reajuste, mas irá acatá-la e não aplicará o aumento no valor das passagens, que iria para R$ 4,15.
O governo informou que irá recorrer da decisão e alegou que o reajuste é necessário devido aos números apresentados na planilha de custos, que mostrou uma tarifa ideal em torno de R$ 5, caso não houvesse o subsídio da prefeitura.

A administração municipal alegou que mesmo com o novo valor de R$ 4,15, irá arcar com R$ 50 milhões de subsídios ao ano, e ainda revelou que devido a manutenção das passagens a R$ 3,80, a diferença entre o valor pago pelos passageiros e o repassado às empresas, pelo sistema municipal de transportes, chegaria a R$ 92,3 milhões em um ano.
O primeiro decreto de aumento da tarifa foi assinado no dia 29 de dezembro pelo então prefeito Sebastião Almeida – na ocasião, ele determinou o aumento para R$ 4,50, mas a Justiça, por meio de Ação Popular, suspendeu o reajuste na primeira semana.

Durante a primeira semana de governo, o prefeito Guti (PSB), revogou o decreto do aumento da tarifa e se reuniu com empresários do setor de transporte para discutir o reajuste. Após as conversas, o prefeito anunciou através de um decreto na última quinta-feira (12), o aumento para R$ 4,15, mas na última terça-feira (17), o juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública de Guarulhos, Luciano de Moura Cruz, suspendeu o reajuste por meio de uma liminar. A nova tarifa entraria em vigor nesta sexta-feira (20).
Além do aumento nas tarifas, a prefeitura destacou que haverá melhorias no sistema de transporte. A Guarupass se comprometeu em substituir 30 ônibus da frota atual por veículos com tecnologia de combustível renovável (elétrico ou híbrido). Também deverá instalar até maio wi-fi em 20% da frota de ônibus da cidade. Haverá ainda a ampliação dos pontos de vendas do bilhete único, além da implantação de novas tecnologias, como a criação de um aplicativo para compra online.