Share
Homem está causando a morte de cachorros no Jardim Santa Inês por envenenamento

Homem está causando a morte de cachorros no Jardim Santa Inês por envenenamento

Imagens de um residência na rua Caramaru, localizada no bairro Jardim Santa Inês, mostram um jovem com jaqueta e boné, passando por diversas residências e jogando o que moradores alegam ser chumbinho, que envenenou e já matou três cachorros na rua. A ação do jovem foi durante a madrugada da última quarta-feira (10), por volta das 2h.

“O homem jogou duas bolinhas de carne moída na casa da minha tia, e acabou matando envenenada a cachorrinha dela”, disse a administradora Karoline Sanches. Moradores já registraram boletim de ocorrência no 9° DP, que segue investigando o caso, e ainda não encontrou nenhum suspeito.

Uma das possibilidades segundo os moradores, é que o homem estaria envenenando cachorros com o objetivo de assaltar as residências. Nas imagens ele trafega calmamente pela rua com um pequeno saco, atirando pequenas bolas por diversas casas.

“Todas casas praticamente tem cachorros. Além da morte desses três, outros quatro pelo que fiquei sabendo, já passaram mal”, diz a aposentada Marlene Sanches de Assunção, que perdeu a cachorrinha Sandy, após ingerir um bolinho de carne moída, que contém além do chumbinho, pedaços de vidro moído.
Diversas bolinhas de carne moída se espalharam nos portões das residências da rua Caramuru. Segundo os moradores, quando os cachorros comem essa carne moída, eles não conseguem se manter em pé e começam a vomitar.

Saiba como proceder em casos de envenenamento:

Entre os sintomas mais comuns no quadro de envenenamento de cães estão à convulsão, mudança brusca no comportamento, salivação excessiva, tremores e vômitos. Uma das melhores para socorrer o animal, é levar ao veterinário mais rápido juntamente com a substância ingerida, pois na grande parte dos casos o tratamento é de acordo com sinais que o animal apresenta.

Confira o vídeo que mostra a ação do homem jogando chumbinho próximo ao portão das residências:

Reportagem: Ulisses Carvalho
ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

Deixe seu Comentário