Família de homem acusado de matar Evelyn Christine realiza protesto em frente ao 9° DP

A família de Diego dos Santos, preso no último domingo (28), no bairro do Taboão, após ser acusado de matar a auxiliar de limpeza Evelyn Christine Bueno Pereira, realizou um protesto em frente ao 9°DP no inicio da noite desta terça-feira (30), pedindo a liberdade do acusado.

Santos era amigo da vítima e do ex-marido de Evelyn, e foi preso, após uma testemunha reconhecê-lo como autor do crime. Ney, como era conhecido, teve a prisão temporária decretada, mas nega ser o autor do crime.

A auxiliar de limpeza foi morta com dois tiros na última sexta-feira (26), na avenida Natália Zarif, próximo a marginal do rio Baquirivu, e há 400 metros do Terminal Taboão. Durante o protesto, além da família, amigos também levaram cartazes pedindo a liberdade de Santos.