Casos de estupro cresceram 12% na cidade em 2016

Segundo levantamento Subsecretária de Políticas para as Mulheres (SPM), divulgado na última sexta-feira (9), o número de casos de estupro na cidade cresceu 12% em 2016 comparado ao ano anterior. O ano passado terminou com 298 casos, enquanto 2015 registrou 267.

O Pimentas é o bairro com o maior número de ocorrências de estupro, com 42, além da liderança no número de casos de violência a mulher, totalizando 691 ocorrências durante 2016. O segundo colocado é o bairro de Bonsucesso, com 33 casos, seguido pelo bairro de Cumbica, com 20 ocorrências.

No levantamento, é importante ressaltar que os casos registrados de estupro, seja tentado ou consolidado correspondem à violência doméstica. O bairro dos Pimentas lidera também  quando o assunto é homicídio, lesão corporal ou maus tratos, calúnia, difamação, injúria ou constrangimento ilegal, além ameaças, assédios e violação a domicilio.

A Subsecretaria de Políticas para as Mulheres também revelou que a população feminina no município é de 51,3%, e que ao todo em 2016, 7.576 mulheres sofreram algum tipo de tentativa ou até consumação de homicídio, o que representaria um caso dentre o período a cada cinco dias.

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]