Adequação do “Thomeozão” para receber jogos do Corinthians depende da liberação de piso

A corrida para liberar o ginásio Municipal Paschoal Thomeo, o “Thomeozão”, para a equipe de vôlei masculina do Corinthians não é somente contra o tempo, mas também em relação aos processos burocráticos de diversas operações. Isso por que o piso que será utilizado para adequação do ginásio às normas da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) aguarda a liberação do mesmo no porto do Rio de Janeiro.

O Hoje apurou que o material seria utilizado pelo líbero Serginho, que agora defende as cores do Corinthians, em um projeto social liderado por ele no bairro de Pirituba, zona oeste da Capital. Entretanto, com a possibilidade de formalizar a parceria entre o clube Alvinegro, time pelo qual é torcedor declarado, com a Prefeitura de Guarulhos, concretizada em meados do último mês, o piso passou a ter um novo destino: o ginásio Municipal Paschoal Thomeo.
Segundo fontes do Hoje, o piso embarcado da França em nome da Associação de Voleibol Guarulhense (Avog) foi doado ao ex-atleta da Seleção Brasileira pela Liga Mundial de Vôlei, e que o custo é de aproximadamente R$ 600 mil reais. “Nós tivemos a informação da Alessandra (Menga) que o piso irá vir para o ‘Thomeozão’”, disse o coordenador da Avog, Luís Silva.

Mas, para que o piso possa ter como destino o “Thomeozão”, a entidade destacada precisa estar cadastrada no Cadastro Único para Programas Sociais, intitulado de Semas. Sem este cadastro não é possível retirar o material, que está no porto desde o mês de janeiro deste ano.

De acordo com Silva, existe o impasse no processo de inclusão no Semas com da Administração Pública. “O que estamos precisando para liberar o piso é o nosso cadastro no Semas. A nossa documentação já passou pelo departamento responsável. Não sei o que está faltando!”, explicou.

No entanto, em função da falta de estrutura e também do laudo AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros), a equipe masculina de vôlei não conseguiu utilizar as dependências do “Thomeozão” nada data prevista, 12 de junho. O Corinthians-Guarulhos disputará a Copa São Paulo, Campeonato Paulista e Taça Ouro, que acontece em agosto e premia o campeão com uma vaga na temporada 2017/18 da Superliga.
A reportagem procurou, por aplicativo de mensagem, a empresária Alessandra Menga, gestora da carreira do líbero Serginho, mas não obtivemos resposta sobre o destino do piso. A Prefeitura também não se pronunciou sobre o assunto.

Reportagem: Antônio Boaventura
[email protected]

Foto: Ivanildo Porto