O prefeito Guti (PSB) afirmou nesta segunda-feira (03) que a saída de seu partido da base de sustentação do presidente Michel Temer (PMDB), na Câmara dos Deputados, não trará, neste momento, qualquer prejuízo aos interesses da cidade. O Partido Socialista Brasileiro deixou de apoiar as iniciativas do Executivo federal desde o dia 20.

De acordo o prefeito, mesmo com a opção do desembarque da base do peemedebista, a cidade continua trabalhando em conjunto com o governo federal em busca de financiamento para os projetos necessários ao município. Um deles é o prolongamento da avenida Jacú-Pêssego e a construção de um novo Trevo na rodovia Presidente Dutra, região de Cumbica.
“Desde o início do ano, pleiteamos o auxílio do governo federal no andamento de alguns projetos em Guarulhos. Entre eles, a implantação de um novo trevo na via Dutra (região de Cumbica) para receber o prolongamento da avenida Jacú-Pêssego”, explicou Guti.

Ele entende que, neste momento, não há como prever a existência de qualquer impacto negativo aos interesses da cidade com a saída da base aliada de Temer. “Ainda não há como avaliar o impacto para o município perante a saída do PSB da base do presidente. Se é que haverá algum impacto”.

Entre as diversas idas a Brasília durante os primeiros seis meses de mandato, o prefeito de Guarulhos valorizou a conquista da Certidão Negativa de Débitos (CND), que segundo ele, a partir disso, foi possível resgatar R$ 130 milhões de repasses federais que estavam bloqueados. “Também foi possível conquistar a reabertura da ponte do rio Baquirivú, que trouxe perdas significativas à mobilidade dos moradores do São João, Água azul, Fortaleza, Soberana, Lavras, Seródio, Malvinas e adjacências”, concluiu.

Reportagem: Antônio Boaventura
antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here