A Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), confirmou ao HOJE, que não está participando do chamamento público realizado pela prefeitura para administrar o Hospital Pimentas-Bonsucesso.Em comunicado, a empresa alegou que foi uma decisão própria e que se orgulha dos serviços prestados na unidade.

Segundo um funcionário do hospital que preferiu não se identificar, em um comunicado da SPDM,a empresa teria afirmado que o ganhador da licitação dará o prosseguimento com toda a equipe e assistência, e que contrato como administradora do hospital segue até o dia 28 de outubro de 2017, o que ainda não foi confirmado pela saúde e pela atual administradora. “Além desse comunicado da não participação, também fomos convidados em caso dúvidas para uma conversa no próximo sábado (29), com o objetivo de prestar esclarecimentos”, afirmou o funcionário.

Com relação ao chamamento público, que ficou aberto até o dia 21 de julho, a Secretaria da Saúde afirmou que as empresas seguem em análise pela prefeitura e que não um prazo ainda estabelecido para a definição. Os funcionários do Hospital Pimentas-Bonsucesso sofreram muitas vezes com a questão dos salários atrasados, e somente nos dois primeiros meses deste ano, o pagamento dos funcionários já havia atrasado por três vezes, além das contantes reclamações da falta de medicamentos e materiais quebrados.

Confira a nota enviada ao HOJE pela SPDM:

A Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) esclarece que, por decisão própria, decidiu não apresentar proposta para o chamamento público realizado pela Prefeitura de Guarulhos para a gestão do Hospital Municipal Pimentas Bonsucesso (HMPB).

A SPDM se orgulha do trabalho realizado na gestão do HMPB, unidade que sempre registrou atendimento dentro dos padrões de qualidade, respeito e segurança aos pacientes, cumprindo integralmente as metas do contrato de gestão firmado com a administração municipal. Durante a gestão da SPDM, o Hospital conquistou a Acreditação ONA nível 3, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) para unidades de saúde que apresentem excelência em gestão, além de indicadores de satisfação do usuário que atingiram, no primeiro semestre de 2017, a excelente média de 94%.

Além disso, ressaltamos a parceria exitosa com a Prefeitura Municipal de Guarulhos e o esforço da atual administração na regularização dos repasses à entidade.

Reportagem: Ulisses Carvalho
ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here