As sessões da Câmara retornaram ontem depois do recesso parlamentar. Por duas horas, os vereadores discutiram diversos itens da pauta, mas ainda assim os trabalhos foram encerrados por falta de quórum.
Dentre os itens do Grande Expediente o requerimento, de autoria da vereadora Janete Pietá (PT), que determina a constituição de uma Comissão Especial de Estudos (CEE) sobre a demanda de equipamentos e serviços públicos e privados junto aos novos conjuntos habitacionais populares em Guarulhos deverá ser votado amanhã.

Segundo Janete, o objetivo da comissão é constatar in loco os problemas dos conjuntos habitacionais que foram implantados através do projeto Minha Casa, Minha Vida. Em alguns casos, as novas moradias foram entregues sem a infraestrutura externa adequada, como creches, opções de transporte público, de equipamento de saúde, entre outros. “O projeto em si é muito bom, mas morar não é receber somente um apartamento. Morar é criar uma estrutura de bairro”, explicou.

O requerimento chegou a ser amplamente discutido durante os trabalhos, no entanto a votação não foi concluída porque o horário regimental do Grande Expediente chegou ao fim. “Se estivesse em votação, teria que terminar. Mas como estava em discussão eu tive que interromper”, explicou o presidente do Legislativo, Eduardo Soltur (PSD).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here