Acusados de participação em esquartejamento no Mikail são presos em Peruíbe

Os dois irmãos acusados de participar de um esquartejamento no bairro do Mikail, Anderson Cantizano de Santana e Altair, foram presos na tarde desta terça-feira (08), em uma estrada na região de Peruíbe, no litoral de São Paulo. Os dois foram presos após levantarem suspeitas de uma viatura da Polícia Civil que passava pelo local.

Os dois foragidos desde o dia 24 de julho, já estão em Guarulhos, onde cumprem prisão temporária por 30 dias no 1°DP. O Setor de Homicídios de Guarulhos (SHG), que investiga o caso também prendeu um menor, que teria participado no crime na parte de vigia e também para esconder os braços do homem esquartejado. O adolescente está preso na Fundação Casa, localizada no Maria Dirce, e terá audiência nesta semana.

Entenda o Caso

No dia 15 de julho, moradores encontraram partes de um corpo esquartejado no bairro do Mikail. O corpo estava sem a cabeça, que foi encontrada dentro de um lixo, e somente na segunda-feira (17), foram encontrados os braços. O corpo era de Kleber de Rísio Barbosa, 37, que segundo os acusados teria se envolvido em uma briga com eles.
O corpo da vítima foi cortado em três partes, sendo as pernas, tronco e cabeça.

Reportagem: Ulisses Carvalho
[email protected]