Atendentes SUS assumem central 192 do Samu de Guarulhos no próximo mês

Nem mesmo a renovação de contrato pelos próximos dois anos foi capaz de garantir a continuidade dos serviços da Ong Plural, Educação e Cidadania à frente do teleatendimento da Central 192 do Samu de Guarulhos. A partir do próximo mês, atendentes SUS (Sistema Único de Saúde) assumirão a função de auxiliar de regulação médica, ou seja, o serviço de teleatendimento das chamadas telefônicas do serviço. Mais de 20 atendentes receberam treinamento na semana passada.

A decisão de assumir o serviço com os próprios servidores vai gerar uma economia de R$ 1,7 milhão aos cofres públicos em dois anos, o que equivalente ao valor que seria pago no mesmo período ao atual prestador, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

A assinatura do novo acordo foi concretizada no dia 13 de abril com validade pelos próximos dois anos. Antes de celebrar a prorrogação da prestação de serviço, a dívida do município com a Ong Plural Educação e Cidadania era de quase R$ 150 mil. Este valor é equivalente à prestação de serviço de dois meses.

Entretanto, segundo apurou a reportagem, o governo municipal tem uma dívida de aproximadamente R$ 230 mil reais, que equivale a prestação de serviço de três meses. No entanto, a administração municipal não confirmou a informação sobre a dívida existente com a prestadora de serviço.

Antônio Boaventura
[email protected]

Foto: Ivanildo Porto