O acidente na manhã desta segunda-feira (28), envolvendo uma van da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU),na rodovia Presidente Dutra, já é o segundo em menos de um mês em Guarulhos. No total, já são 23 pessoas feridas levemente, e em ambos os casos, a vistoria dos veículos estava em dia segundo a empresa.

O primeiro caso no mês de agosto foi no dia 17 (quinta-feira), onde por volta das 15h50, uma van, que realizava o itinerário da linha 266, entre o bairro do Inocoop até o Metrô Armênia, colidiu com um poste no cruzamento entre as ruas Yemem com a avenida Papa João Paulo I, no Jardim Presidente Dutra. Na ocasião, 11 pessoas ficaram feridas, entre elas o motorista, porém, dois dias após o acidente, sábado (19), já haviam recebido alta do hospital.

No acidente desta segunda-feira, dos 25 ocupantes do veículo, 12 pessoas ficaram feridas levemente, e foram encaminhadas para o Pronto Socorro Maria Dirce, Hospital Geral de Guarulhos (HGG), Hospital Tatuapé e Pronto Socorro João XXIII. Até às 11h, segundo a CCR Nova Dutra, as duas faixas da direita permanecem interditadas, com 7 km de lentidão na pista expressa, devido à curiosidade dos motoristas; e 8 km de lentidão na pista marginal.

A reportagem do HOJE entrou em contato com a EMTU, que apenas se pronunciou sobre o acidente na via Dutra, e fez questão de relatar que a inspeção da van tem validade até o dia 10 de outubro. “A EMTU informa que por volta das 9h45 desta segunda-feira, 28/08, a van do serviço Reserva Técnica Operacional (RTO), de prefixo 3142, que liga o bairro Monte Serrat, em Santa Isabel, ao Metrô Armênia, capotou na Rodovia Presidente Dutra, sentido São Paulo, no acesso à Rodovia Fernão Dias. Até o momento há registro de feridos leves. A inspeção do referido veículo tem validade até o dia 10/10/17”.

Reportagem: Ulisses Carvalho
ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here