Prefeitura aponta déficit de quase 80 mil vagas de emprego na cidade

A Prefeitura de Guarulhos revelou nesta segunda-feira (25), que a cidade possui um déficit de quase 80 mil vagas de emprego. Nos últimos três anos, mais de 300 mil pessoas perderam seus postos de emprego no município. Para minimizar os efeitos desta realidade, o governo municipal aposta na capacitação dos profissionais para realocação no mercado de trabalho.

“Estou desempregada há 1 ano. Trabalhava com telemarketing. E por não estar empregada não consigo mais estudar e isso está dificultando o meu retorno ao mercado, além de exigirem experiência”, disse Mariana Silva, 19 anos.
A administração municipal ressalta que para minimizar o índice de desemprego, que neste momento é de 78 mil pessoas, promove cursos gratuitos de qualificação com objetivo de inserção da população no mercado de trabalho, desenvolve programas como Bolsa Trabalho, programas para juventude, programas de inclusão digital em diversos pontos da cidade.

A Secretaria do Trabalho informou que possui uma central de captação de vagas com a finalidade de captar vagas junto ao empresariado e disponibilizar para a população através dos meios legais e estabelecidos pelo Ministério do Trabalho, com intuito de incentivá-los, além de facilitar o cadastro de vagas junto ao banco de dados do Sistema Nacional de Emprego (Sine).
“Atualmente, estou em um trabalho temporário, mas sem registro há 1 ano e 4 meses. As oportunidades de emprego são muito poucas e a concorrência que está grande são as principais dificuldades para se realocar no mercado”, concluiu Marcelo Ferreira, 34.

O HOJE percorreu alguns pontos da cidade e constatou que as agências de emprego chegam a receber em média quase 600 currículos por dia para as mais variadas funções profissionais. Também foi possível detectar a procura por vagas de emprego de trabalhadores de outros municípios como São Paulo, Arujá e até Santa Isabel.

Antônio Boaventura
[email protected]

Foto: Ivanildo Porto