A cobrança do valor da tarifa, em espécie, no transporte coletivo de Guarulhos dentro dos veículos pode estar com seus dias contados. Gestora do sistema de transporte municipal, a Guarupass estuda a possibilidade de implantação de novas tecnologias, além de ampliar as já existentes, para se adequar à proposta.

“Temos investido na recarga do bilhete e na entrega de forma mais rápida. A gente tem nossos postos terceirizados na cidade e que estamos ampliando. Temos o aplicativo e a venda pelo site. O transporte está muito mais próximo de fazer com que estas questões que envolvem o dinheiro sejam eliminadas”, disse Márcio Pacheco, diretor da Guarupass, em entrevista.

Entretanto, Pacheco entende que a proposta tende a trazer maior segurança para o condutor dos veículos e também aos passageiros. “Em determinado ponto terá de ter o empenho do governo para poder proibir o uso do dinheiro nos veículos. Isso vai trazer mais agilidade e rapidez e segurança dentro dos veículos”, enfatizou..
Com quase 1 milhão de habitantes, a cidade de Campinas (SP) excluiu a cobrança em espécie da tarifa dentro dos veículos no mês de junho. Procurada, a prefeitura não se pronunciou sobre o assunto.

Antônio Boaventura
antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Foto: Ivanildo Porto

8 COMENTÁRIOS

  1. Bom visando parametros de seguranca e facilidade desde que seja planejado todas possibilidades e aos funcionarios do sistema seja adequado e sem previos prejuizos.

  2. E do que adianta tirar a possibilidade de pagar em dinheiro se NÃO HÁ POSTOS DE RECARGA DO BILHETE nessa cidade abandonada??
    Não quero tecnologia, que poder carregar meu bilhete com facilidade seja em dinheiro ou débito. Essa cidade não atende quem precisa se locomover de ônibus.

  3. Aí lascou… tem que ter sim dinheiro em papel. É uma das opções mais fácil. Tem muita gente que não tem dinheiro na “carteira de plástico”. Assim como iremos em alguma loja, a loja tem várias opções de pagamentos. Dessa forma se governo aceitar, é mais uma razão que obriga a nós a fazer tudo. É uma cospiração contra sociedade em benefício de alto poder. Acho que deveria é arrumar a condição de trajeto de transporte. Se no carro comum ou em uma van todos nós somos obrigados a se transportar de cintos “por segurança”, porque no ônibus não? Há já sei, é pra facilitar na agilidade de transportar. Enquanto as vias? As principais vias são tomadas por carros independentes de terceiros gerando trânsitos tensos. Isso sim deveria analizar e trazer mais “agilidade” e conforto, porque a gente pega mesmo eles é muito cheios. Deveria ter curso de bom senso e conscientização para as pessoas “indecisas” de como pegar um ônibus certo e com dinheiro com troco certo na mão. Porque muita gente fica 1 a 2 horas no ponto de ônibus e quando o “infeliz ônibus cheio vem” eles fica na catraca procurando a carteira de dinheiro ou selecionando moeda por moeda até chegar no preço da tarifa e isso leva mesmo tempo. Más não acho que deveria tirar opção de pagamento em dinheiro papel de cédula. Eu acho que é desaforo isso, pois na verdade não se importa com a nossa “segurança” com facilidade de transportação etc..” É dinheiro que eles querem, obrigando na formas que eles que querem. Eles querem mesmo é facilitar o pagamento de tarifa sem ter que ficar dando troco ou se virar pra dá troco certo, porque tem gente que trás até 100 reais para o cobrador tirar 4,15 daquela nota. E se contar que colocando só opção de pagamento em cartão, os cobradores ficaram sem trabalhos. Não tinha que desenvolver o Brasil? Porque tirar daqui, pra facilitar os egos de empresas terceirizados, porque só vai melhorar pra eles e não para nós. O dinheiro do trabalhador roda o Brasil todo. Se pôr uma máquina pra trabalhar, os humanos vão comer oquê? vão desenvolver oquê?

  4. Uma ideia super valida, visto que a insegurança é enorme, isso com certeza diminuiria o interesse de noias em atacar coletivos. Porém a população não pode ser prejudicada. Os pontos de recarga são poucos, não atende a demanda. Até mesmo no centro dá cidade não se encontra recarga fácil. A recarga pela internet é uma piada. Cobrança por boleto??? Melhorando a recarga, tem tudo pra dar certo.

  5. Só consigo enxergar um objetivo nisso que é de tirar o emprego dos cobradores. Vai ter muita gente ficando na mão porque os pontos de recarga funcionam das 7 às 19 e devido ao trânsito congestionado muitas vezes não conseguimos chegar a tempo. O aplicativo não funciona direito para recargas on line. Não concordo com essa possível mudança.

  6. sou morador de guarulhos há trinta e cinjco anos na minha opinião eles não estão preocupados com as pessoas que não usam o transporte com frequência deixando essas pessoas sem alternativa. Estão pensando primeiro em benefício próprio e não em todos.Primeiro é preciso oferecer um transporte de qualidade e depois pensarem em seus objetivos e esses não podem ultrapassar o direito que está na constituição brasileira “o direito de ir e vir”.Uma cidade como guarulhos precisa de um transporte alternativo como tinha antes.É só fazer uma pesquisa pra ver que a maioria da população está de acordo com um sistema alternativo operacional de transporte. As empresas de ônibus são gananciosas e não aceitam outras formas de transporte. Deixando o povo sem opção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here