Investigações iniciais da polícia indicam que a tragédia desta quinta-feira (5) no interior de Minas foi premeditada pelo vigia da creche. Ele colocou fogo no local, em Janaúba (554 km de Belo Horizonte), e ao menos quatro crianças morreram.
Segundo a polícia, na residência de Damião Soares dos Santos, 50, que também morreu queimado, foram encontrados galões com combustível. Além disso, segundo a apuração, o segurança da creche marcou simbolicamente a data do crime, a mesma da norte de seu pai, há três anos.

Dois dias antes do crime, Damião também afirmou a familiares que daria um “presente” a todos e que se mataria em seguida. As investigações da polícia de MG também apontaram que ele tinha problemas mentais e era obcecado por crianças.
O Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente pertence à prefeitura e fica no bairro Rio Novo. Damião trabalhava na condição de funcionário efetivo da creche desde 2008. De acordo com testemunhas, ele teria ateado fogo ao próprio corpo e ido em direção às crianças durante o ataque.

(Folhapress)

Foto: Policia Militar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here