Share
TCE-SP suspende a licitação para escolha  do novo gestor do ‘Pimentas-Bonsucesso’

TCE-SP suspende a licitação para escolha do novo gestor do ‘Pimentas-Bonsucesso’

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) suspendeu o processo de licitação para a escolha do novo gestor do Hospital Municipal Pimentas–Bonsucesso (HMPB). Entretanto, não há previsão para que haja uma decisão sobre a contestação do processo seletivo feito por um morador da cidade de São Paulo, segundo apuração do HOJE.

O processo de seleção foi interrompido em meados de setembro para cumprir o Termo de Ajuste de Conduta (TAC) celebrado no ano de 2009 entre a prefeitura e o Ministério Público Estadual (MPE) para inclusão da prestação de serviços como mamografia, oftalmologia e ampliação da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal. Com os devidos reparos, o mesmo foi reaberto, mas questionado pelo TCE-SP.

“Tivemos que dar um passo para trás para poder dar dois passos para frente. Não tínhamos mamografia e nem oftalmologia, nós colocamos. Implantamos ainda 10 leitos a mais na UTI Neonatal, ampliamos o nímero de cirurgias eletivas nesta segunda etapa”, disse o secretário de Saúde, Sérgio Iglesias.
Com o impedimento do processo licitatório, Iglesias afirmou que o contrato com a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) será prorrogado por tempo indeterminado. O acordo entre a municipalidade e a entidade tem validade até o próximo dia 1º de novembro.

Antônio Boaventura
antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Deixe seu Comentário